Saúde libera quarta dose para pessoas acima de 50 anos

Lençóis Paulista e microrregião enfrentam dificuldade para aumentar adesão da população

O Ministério da Saúde estendeu a vacinação da quarta dose da vacina da Covid-19 para pessoas com 50 anos ou mais e todos os profissionais da saúde. Em Lençóis Paulista e cidades da microrregião, as secretarias de Saúde deram início à vacinação do público-alvo na última segunda-feira (6) e continuam com a busca ativa das pessoas que ainda estão com as vacinas em atraso.

Segundo a Secretaria de Saúde e Bem-Estar de Macatuba, até o momento foram aplicadas 39.645 doses da vacina contra a Covid-19 no município: 14.659 (primeira dose), 14.195 (segunda dose), 10.342 (terceira) e 449 (dose única). Desde fevereiro deste ano, nenhum paciente de Macatuba é internado por complicações da doença. “Infelizmente, por conta da desinformação, nós – e o restante do Brasil – temos registrado uma queda na procura por vacina. E somente ela vai nos ajudar a vencer a pandemia”, afirma a secretária Juciara Lopes.

A pasta realiza busca ativa, campanha de conscientização nas redes sociais e carros de som para divulgar. “Como há muitos faltosos da terceira dose, o trabalho de busca ativa tem sido intensificado nesse público-alvo”, finaliza. Em Macatuba, a vacinação acontece em todos os postos de saúde, de segunda a sábado. O horário de atendimento precisa ser consultado em cada unidade de saúde. 

Em Borebi, de acordo com Nathalia Kiminami, enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica, a busca da população pela vacina da Covid-19 está sendo baixa. “Estamos fazendo as visitas e muitos estão recusando. Então, temos feito a sensibilização para que entendam a importância da vacinação”, afirma. A Saúde do município realiza diversas ações de conscientização, como divulgação nas redes sociais e site da Prefeitura, visita das agentes comunitárias de saúde e carro de som por toda a cidade.

Foi realizada na quinta-feira (9) uma campanha de vacinação na ESF (Estratégia Saúde da Família) Martha Brosco. Foram vacinadas 62 pessoas contando as quatro doses da vacina da Covid-19. Até o momento, foram aplicadas 5.755 vacinas na cidade: 2.364 (primeira dose) 2.265 (segunda dose) e 1.126 (terceira dose).

Já em Areiópolis, a expectativa da Secretaria de Saúde é vacinar 100% das pessoas na faixa etária liberada pelo Ministério da Saúde para receber a quarta dose da vacina. Segundo dados divulgados, o município aplicou 22.065 vacinas: 8.975 (primeira dose), 7.524 (segunda dose), 5.043 (terceira dose) e 523 (quarta dose). A vacinação está centralizada na Unidade Mista de Saúde, ao lado do ambulatório de especialidades.

A diretora de Saúde Izabella Mastromoro ressalta que a imunização é fundamental para evitar o agravamento. “A vacinação é importante para reduzir o número de pessoas com sintomas graves, internações em hospitais e mortes pela Covid-19, sendo a forma mais eficaz de frear a contaminação e o surgimento de novas variantes do coronavírus”, afirma.

Em Lençóis Paulista, a divulgação da campanha de vacinação continua nas mídias sociais, unidades de saúde e através dos agentes comunitários que realizam busca ativa seguindo relatórios de atrasos e orientações. A expectativa é aplicar 9 mil doses de vacinas nesta faixa etária. De acordo com Adriana Santana, responsável pela Vigilância Epidemiológica da cidade, a demanda de vacinação está tranquila.

“É muito importante se vacinar para proteger o sistema imunológico do indivíduo. A proteção gerada por algumas vacinas pode diminuir com o passar do tempo. Por isso, doses adicionais, que ‘lembram’ periodicamente o sistema imunológico, são necessárias”, ressalta.

Até o momento, foram aplicadas 153.731 vacinas na cidade, sendo 59.946 de primeira dose, 55.519 de segunda dose, 1.897 de doses únicas e 36.369 de terceiras doses. A vacinação acontece de segunda a sexta-feira, em todas as unidades de saúde, das 8h30 às 11h e das 13h30 às 16h30.  A aplicação no período noturno acontece de segunda a sexta-feira, apenas no Pronto Atendimento do Monte Azul, das 17h às 22h.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques