Prevenção é o melhor remédio contra o câncer

Rotina de exames ginecológicos deve ser mantida mesmo na pandemia

Por mais clichê que seja, detectar o câncer de mama em estágio inicial é o melhor remédio contra a doença. Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) estimam que até o final deste ano, cerca de 60 mil novos casos sejam diagnosticados no país. Quando descoberto no começo, as chances de cura, entre essas pacientes, podem chegar a 95%, motivo este que ressalta a importância da campanha Outubro Rosa para que, em especial as mulheres, cuidem da saúde.

Em Lençóis Paulista, apesar do foco no combate ao novo coronavírus (Covid-19), Jussara Coelho Rosa Andreo, ginecologista e obstetra do Rais Mulher (Rede de Atenção Integral à Saúde da Mulher) e da Clínica Rosa Clin explica que o atendimento à saúde ginecológica e o pré-natal foram mantidos.

“Houve um esquema de prioridades aos atendimentos mais urgentes. Alguns exames foram agendados para evitar as aglomerações e contaminação”, diz a profissional, que reforça que a prevenção faz toda a diferença, pois quanto mais cedo houver um diagnóstico, maiores são as chances de cura.

CÂNCER DE MAMA

O câncer de mama, principal alvo do Outubro Rosa, é diagnosticado quando há crescimento desordenado de células com potencial invasivo, a partir de alterações genéticas que podem ser hereditárias ou adquiridas. Existem vários tipos de câncer de mama, alguns de evolução mais rápida, no entanto, a maioria tem bom prognóstico quando identificado no começo. “Por isso a importância da mulher se autoexaminar e procurar fazer a rotina ginecológica todos os anos”, ressalta a médica.

Em casa, a mulher pode fazer o autoexame como forma de conhecer o corpo, identificar mudanças e rastrear as chances de câncer de mama.  O autoexame deve ser realizado todo mês entre o 3° e o 5° dia depois da menstruação. A ginecologista enumera transformações importantes que, se identificadas, devem ser avaliadas por um médico. “Alteração no tecido da mama, vermelhidão, mudança da textura da pele, saída de secreção dos mamilos ou nodulação percebida no auto exame”, explica.

No consultório, além do exame clínico, histórico e relato da paciente, a mamografia auxilia no diagnóstico. No ano passado 1.555 mulheres solicitaram a mamografia no município, de acordo com dados da Secretaria de Saúde.

A ginecologista explica que existem protocolos em relação ao rastreio do câncer de mama. “No geral as mulheres, após os 40 anos, têm indicação de realizar a mamografia e iniciar, após os 35 anos, com a ultrassonografia de mama, se houver algum histórico familiar importante”, diz.

CÂNCER DE COLO DE ÚTERO

Assim como a atenção ao câncer de mama, a ginecologista e obstetra Jussara ressalta a importância dos cuidados com o câncer de colo de útero. Na maioria das vezes, a infecção genital não causa doença, mas, em alguns casos, ocorre alterações celulares que podem evoluir para o câncer. Essas mudanças podem ser descobertas pelo exame preventivo, conhecido como Papanicolau. A indicação do exame é anual a partir do início das atividades sexuais. Na cidade, no ano passado, 2.352 mulheres fizeram o exame. Quando identificadas, as alterações têm altos índices de cura.

Jussara Andreo ressalta que em ambos os casos os cuidados não devem ser esquecidos com a pandemia ou por receio do diagnóstico. “As mulheres não devem ter medo de realizar a prevenção, nem mesmo o autoexame, pois é muito melhor atuarmos na prevenção do que na doença já instalada”, finaliza.

destaques

Aos 60 anos, morre Maradona

O site do jornal argentino Clarín acaba de informar que o ex-jogador Diego Armando Maradona faleceu nesta quarta-feira (25), após um mal...

Comércio se prepara para a Black Friday

A segunda data mais movimentada para o comércio está prestes a chegar. No dia 27 de novembro tem a Black Friday, ou...

Cidade recebe melhor jogador do mundo

O beach tennis pode ser definido como uma mistura de tênis, vôlei de praia e frescobol. É considerado simples de se praticar,...

Campanha Papai Noel dos Correios será digital

Na última quarta-feira (18), teve início mais uma edição da campanha Papai Noel dos Correios, que terá algumas mudanças em relação aos...

Anaísa Portes Ramos é pioneira na cirurgia robótica no interior

Primeira cirurgiã robótica no interior do estado de São Paulo, a médica Anaísa Portes Ramos, nascida em Lençóis Paulista, é formada em...