Lençóis abre 10 novos leitos após enfermaria chegar ao limite da capacidade

Com mais de 400 casos ativos e internações aumentando, cidade vive um drama no enfrentamento ao coronavírus

Nesse domingo (14), com a elevação do número de internados nos leitos de enfermaria para Covid-19, o Hospital Nossa Senhora da Piedade e a Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista abriram mais 10 vagas. Com 42 leitos em funcionamento, o local chegou a 36 internações, restando apenas seis leitos disponíveis nas alas de enfermaria. Nas alas 1 e 2 de UTI (Unidade de terapia Intensiva), que tiveram a capacidade aumentada para 18 leitos na semana passada, 16 pessoas estavam internadas.

“O momento é de alerta máximo, pois estamos próximo do limite estrutural do nosso hospital, além dos limites de recursos humanos e financeiros que também existem para enfrentar a pandemia. Caso ultrapassemos os limites municipais, iremos recorrer aos hospitais estaduais de Bauru, Jaú e Botucatu, onde também não existem vagas imediatas. Em nossa região, pessoas já estão morrendo na fila de espera por uma vaga na UTI. É hora de consciência coletiva. É hora de responsabilidade compartilhada”, afirmou o prefeito Anderson Prado de Lima (DEM).

O presidente do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de Lençóis Paulista, Dr. Norberto Pompermayer, pediu a colaboração da população para evitar situações que já estamos vendo na região. “Nós estamos vivendo a segunda onda de infecção da Covid-19 que está sendo muito mais agressiva do que a primeira. Para se ter uma ideia no ápice da primeira onde nós chegamos a ter pouco mais de 300 pessoas em fase de transmissão ao mesmo tempo, hoje já estamos com mais de 500 e subindo. O Hospital e a Prefeitura estão fazendo o possível para garantir atendimento. Já aumentamos a UTI, agora estamos aumentando a Enfermaria, mas os recursos físicos e humanos não são infinitos. As pessoas não sabem, mas o Hospital da Unesp de Botucatu, que é um hospital de referência, tem 30 leitos de UTI e 50 de enfermaria e nós estamos nos aproximando disso com as forças próprias, mas isso tem limite. Por isso, voltamos a pedir: não se aglomere, não adoeça por falta de cuidado próprio”, declarou o médico.

O secretário de Saúde, Ricardo Conti, afirmou que para viabilizar essa ampliação foram transferidos casos que não são Covid para uma ala da Unimed, o que possibilitou a ampliação de mais 10 leitos de enfermaria exclusivos para Covid-19. “Diante do aumento de casos e internações, junto com o Hospital e também a Unimed conseguimos viabilizar mais esses 10 leitos para atender nossa população”, explicou. O boletim divulgado no domingo revelava que Lençóis Paulista mantinha 401 casos ativos de Covid-19 e aguardava o resultado de exames de outros 105 pacientes. Até o momento, acidade já registrou 6.753 casos, incluindo 75 óbitos. As taxas de ocupação de UTI e enfermaria estavam em 88% e 85%, respectivamente, no momento da divulgação dos dados, com 16 dos 18 leitos de UTI e 36 dos 42 leitos de enfermaria ocupados. Todos os internados eram residentes no município.

destaques