Governo reduz intervalo para terceira dose contra Covid-19

Reforço pode ser aplicado depois de cinco meses da segunda dose

O intervalo para terceira dose da vacina contra Covid-19 caiu de seis para cinco meses. Pessoas acima de 18 anos que tomaram a segunda dose em junho já podem receber a dose de reforço, independentemente de pertencer a grupos de risco. Para os imunossuprimidos, o intervalo entre a segunda dose e a dose de reforço continua sendo de 28 dias.

Quem se enquadra nesses pré-requisitos, pode agendar o reforço nas unidades de saúde de Lençóis Paulista, de forma presencial ou por telefone. Os números podem ser consultados pelo link que está na descrição. Neste sábado (20) também haverá vacinação em todas as unidades, com atendimento por ordem de chegada, das 7h às 13h.

Outra novidade é que o imunizante da marca Janssen, que era de dose única, também passará a ter segunda dose e dose de reforço. O intervalo entre a primeira e segunda dose desta vacina será de dois meses. A terceira dose poderá ser aplicada cinco meses após a segunda dose.

No ato da vacinação, é necessário apresentar documento com foto, a carteirinha com a primeira e segunda dose e o Cartão Cidadão.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques