Fumantes têm mais distúrbios do sono, aponta pesquisa

DROGA – Segundo especialista, fumantes não conseguem alcançar o estágio mais profundo do sono devido aos efeitos da nicotina (Foto: Divulgação)

O cigarro possui mais de quatro mil substâncias tóxicas prejudiciais à saúde, que são inaladas a cada tragada. Entre elas estão o alcatrão, o monóxido de carbono e a nicotina, esta última considerada a mais nociva de todas, responsável pela dependência química. Além desses malefícios, a nicotina também age como estimulante, afetando as ondas cerebrais e os padrões do sono dos fumantes. É o que revela um estudo realizado na Alemanha.
De acordo com a pesquisa, feita pela Escola de Medicina Charité Berlin, pessoas que fumam têm mais distúrbios do sono e dormem menos do que as que não têm este vício. No estudo, que avaliou cerca de 1,1 mil fumantes e 12 mil não fumantes, foi constatado que, dentre os usuários, 17% dormiam menos de seis horas e 28% manifestavam dificuldades neste período. Já no outro grupo, foram registrados, respectivamente, 7% e 19% para os mesmos quesitos.
Renata Federighi, que atua como consultora do sono, explica que, por ter efeito estimulante, o consumo de nicotina próximo ao horário de dormir causa inquietude nos usuários, o que afeta diretamente a qualidade do sono. Segundo ela, por conta do fumo, as pessoas acabam demorando muito mais para adormecer, dormem menos e ainda têm um sono menos profundo.
“Os fumantes não conseguem alcançar o estágio mais profundo do sono, uma vez que a fase mais leve é constantemente interrompida devido aos efeitos da nicotina. O cigarro causa no organismo um resultado parecido com o do álcool, podendo ocasionar problemas como ronco, apneia e insônia crônica. Por isso, o hábito deve ser evitado por quem deseja ter um sono reparador e de qualidade”, destaca.
A consultora ressalta ainda que as noites mal dormidas podem causar inúmeros problemas. Entre os mais perigosos estão as doenças do coração e o diabetes, que podem ser adquiridas ao longo do tempo. “A privação do sono pode comprometer seriamente a saúde, pois é durante o descanso que são produzidos alguns hormônios que desempenham papéis vitais no funcionamento de nosso organismo, como, por exemplo, o hormônio do crescimento, a serotonina, a melatonina e o cortisol”, alerta.
No caso dos tratamentos contra o tabagismo, a abstinência provoca reações como irritabilidade, ansiedade, sonolência e bradicardia, e é essencial aprender a lidar com esses sintomas e mudar alguns hábitos. “Adotar práticas saudáveis como atividades físicas regulares, alimentação balanceada, rotina regular do sono associada à postura correta ao dormir, bem como ao uso de travesseiro e colchão adequados ao biotipo, são fundamentais neste processo. Deixar o cigarro pode ser difícil, mas os benefícios são muito vantajosos”, orienta a especialista.

destaques

Caixa paga R$ 2,6 bilhões de auxílio a 4 milhões de beneficiários

A Caixa Econômica Federal realiza hoje o pagamento de R$ 2,6 bilhões do auxílio emergencial para 4 milhões de pessoas nascidas em...

INSS fará reagendamentos automáticos

A reabertura parcial das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem congestionado a Central de Atendimento via telefone, um dos...

GAPSDownLP completa nove anos

A realidade das pessoas com Síndrome de Down pode ser muito difícil. Além de olharem o mundo de uma forma diferente e...

TST concede reajuste a funcionários e determina fim da greve dos Correios

Após 35 dias em greve, nesta terça-feira (22) funcionários dos Correios devem voltar ao trabalho. Ontem (26), no julgamento do dissídio da...

Caixa paga auxílio residual para beneficiários do Bolsa Família

A Caixa realiza hoje (22) o pagamento de R$ 428,7 milhões da primeira parcela do auxílio emergencial residual para 1,6 milhão de...

LEIA MAIS

GAPSDownLP completa nove anos

A realidade das pessoas com Síndrome de Down pode ser muito difícil. Além de olharem o mundo de uma forma diferente e...

São Paulo receberá 5 milhões de doses de CoronaVac

O estado de São Paulo deve receber, já em outubro, 5 milhões de doses da vacina CoronaVac, que está sendo desenvolvida pelo...

Depois de queda, procura por atendimento médico aumenta na UPA

A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Lençóis Paulista tem registrado aumento no número de pacientes. Só nos 16 primeiros dias de...

Banco de sangue de Bauru pede doações urgente

O Banco de Sangue do Hospital Beneficência Portuguesa de Bauru (Hemovida) precisa de doações urgentes de sangue. Para doar...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui