Areiópolis rejeita redução do salário de vereadores

POLÊMICA – Vereadores rejeitaram projeto que reduziria salário dos próximos vereadores – (Foto: Arquivo/OECO)

A Câmara Municipal de Areiópolis rejeitou na terça-feira (23) o projeto de autoria do vereador e primeiro-secretário da mesa, Benedito Gilmar dos Santos (PT), que propunha a redução dos salários dos vereadores que serão eleitos em 2 de outubro e tomarão posse no começo de 2017, em relação ao que ganham os atuais. A proposta é que o subsídio do presidente da Câmara, hoje fixado em R$ 5.242,31 fosse rebaixado para R$ 1.500 e o dos vereadores dos atuais R$ 3.494,86 para R$ 1.000. Mas, a votação no plenário empatou em 4 a 4 e o presidente, vereador Pedro dos Santos (PMDB), desempatou através do voto de minerva, rejeitando a proposta.
O autor do projeto disse que sua iniciativa tem o propósito de “repelir e/ou moralizar a função de ocupantes de cargos eletivos citados, não recaindo os representantes na “busca de dinheiro fácil”, e que “os cargos sejam ocupados por cidadãos que desejam realmente contribuir com a melhoria e a mudança para melhor do município de Areiópolis”. Justificou também que, “em nosso município é plenamente possível que os ocupantes de cargos eletivos citados continuem em seus empregos, negócios, empresas e outros trabalhos profissionais, contando com remunerações destes”. 
A proposta contou com os votos favoráveis dos vereadores Carlos Alberto Leite (PV), José Luis de Rosa (PRB), Walderlei Pelissoli (PSDB) e do autor. Votaram contra José Eduardo Bitu (PSDB), Lucas Eduardo Fiel Benedito (PSB), Agnaldo Aparecido de Araújo (PR), Francisco José Saraiva (PTB) e o presidente Pedro dos Santos (PMDB).
Pedro dos Santos disse a O ECO que decidiu contrário à proposta por entender que ela apenas prejudicaria os próximos vereadores e nada representaria na economia do município. “Um salário de R$ 1.000,00 é insuficiente para o vereador, que dedica o seu tempo e empenho à comunidade e é responsável, entre outras coisas, pelo desenvolvimento do município; nós poderíamos estar com os salários fixados em R$ 6 mil (30% do que ganha o deputado estadual), mas não o fazemos em razão da crise e em respeito à comunidade, mas não podemos também estabelecer um ganho que não seja suficiente para o vereador cumprir com suas obrigações” – disse.
Segundo o presidente, as tratativas entre os atuais vereadores apontam para a manutenção dos atuais salários para os vereadores, o prefeito e o vice-prefeito que serão eleitos a 2 de outubro próximo. A Câmara, segundo a legislação vigente, tem a obrigação de fixar os subsídios dos agentes públicos antes da realização das eleições para evitar favorecimentos ou retaliações.

destaques

Dois terços dos pais são contra retomada das aulas presenciais

A partir de segunda-feira (28), as escolas particulares de educação básica de Lençóis Paulista, inclusive creches e berçários, estão autorizadas a retornar...

Campanha para salvar vida do jovem Jonathan continua

A campanha criada para salvar a vida do lençoense Jonathan Aparecido dos Santos continua. Desde 2017, quando o...

Circuito Digital de Artes apresenta show da banda Capitão Zé

O Circuito Digital de Artes apresenta neste domingo (27) mais um grande espetáculo musical pelas páginas do Teatro Municipal Adélia Lorenzetti no...

Redução de casos de Covid-19 traz falsa sensação de segurança

Apesar das oscilações diárias nos números da pandemia, ao analisar o histórico da evolução do novo coronavírus (Covid-19) em Lençóis Paulista, dados...

PM apreende pés de maconha em bairro rural

Após uma denúncia anônima ocorrida na manhã da última quarta-feira (23), a Polícia Militar de Lençóis Paulista apreendeu pés de maconha, sementes...

LEIA MAIS

Prazo para inscrição do processo seletivo para Coletor de Lixo termina amanhã

Termina amanhã o prazo de inscrição para o processo seletivo para Coletor de Lixo. A inscrição é aceita somente via internet, até...

Inscrições do processo seletivo para Coletor de Lixo seguem em Bauru

A EMDURB realizará processo seletivo para contratação temporária, por prazo determinado, para a função de coletor de lixo, visando o preenchimento de...

Macatuba divulga resultado do concurso público

A Prefeitura de Macatuba divulgou o resultado e a classificação final dos candidatos aprovados no concurso público (edital 03/2019).

Lençóis sobe para quarta colocação entre as melhores cidades do país

Município foi destaque pelo segundo ano consecutivo no Índice de Governança Municipal do Conselho Federal de Administração

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui