Agudos terá a sua segunda cervejaria de marca nacional

PARCERIA – Ratinho com o empresário Agamenon e o ex-prefeito Carlos Octaviani; apresentador conheceu fábrica – (Foto: Divulgação)

A partir do primeiro semestre do próximo ano, a vizinha cidade de Agudos estará produzindo a cerveja Proibida, na versão puro malte. A programação é começar com a produção diária de 60 mil litros e ir aumentando até atingir 1 milhão de litros-dia. A informação é do empresário Agamenon Nascimento, proprietário da Cervejaria Agudense, que produz chope há dois anos e acaba de anunciar parceria com o empresário e comunicador Carlos Massa, o Ratinho, e a CBBP (Companhia Brasileira de Bebidas Premium), produtora da Cerveja Proibida. 
Anteontem, quando a reportagem de O ECO o procurou pelo telefone celular, Agamenon encontrava-se em São Paulo, acertando pormenores do empreendimento, que deverá se concretizar com financiamento do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social). 
Segundo disse, ainda não está fechado o montante do investimento, mas a expectativa é que o negócio deva gerar entre 200 e 300 empregos ao longo de sua implantação. Além da Proibida, disse, há outros grupos também interessados em firmar parceria com a fábrica agudense, levando em consideração a sua disponibilidade de ampliação e, principalmente, a água do município, hoje uma verdadeira grife no mercado cervejeiro.
RATINHO
No dia 14 do mês passado, Ratinho esteve em Agudos para conhecer as instalações da Cervejaria Agudense, de Agamenon, e anunciou a sua entrada no negócio com o objetivo de produzir naquela cidade a cerveja que hoje anuncia com destaque em seu programa em rede nacional de televisão. O apresentador disse que, sabendo da boa qualidade de água de Agudos, levou ao empresário Nelson Morizono, dono da CBBP, a idéia de produzir no município a cerveja da marca e, sabendo que Agamenon já possui uma fábrica e autorizações ambientais de funcionamento, chamou-o para a parceria que agora se firma. “Vou participar dessa montagem, meus três filhos acompanham de perto meus negócios, mas eu também vou vir com frequência para Agudos. É a primeira vez que estou na cidade, mas já gostei bastante do que vi” – afirmou o empresário.
Segundo Agamenon Nascimento, Ratinho deverá ser o acionista majoritário no empreendimento de Agudos destinado à fabricação da Proibida, e sua presença será fundamental para impulsionar o negócio. “Temos todas as condições de produzir a cerveja com grande qualidade e atender firmemente o mercado nacional e até, um dia, exportar” – disse. 
INFRAESTRUTURA
Durante sua visita, Ratinho também encontrou-se com o prefeito Everton Octaviani (PMDB), que com ele firmou o compromisso de pavimentar o acesso da fábrica até o Parque da Pampulha e realizar gestões junto ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem) para o asfaltamento da via que leva da indústria até a rodovia Marechal Rondon, com 1,3 quilômetro de extensão. A idéia é ter dois acessos, sendo um para a cidade, que servirá mais aos empregados da empresa, e o outro para a rodovia, cuja função maior será o recebimento de matéria prima e o escoamento dos produtos.
 
Agudos e sua vocação para produzir cerveja
A cerveja chegou a Agudos em 1951. No dia 18 de setembro daquele ano instalou-se a Companhia de Cervejas Vienenses, com tecnologia e capital austríacos, que em 1954 foi transferida para o controle da Brahma. Em 26 de maio de 1961, a Brahma inaugura aquilo que chamou de nova filial de Agudos, decorrente da incorporação da Vienense, que desapareceu. Muitas outras alterações se deram, produtos foram lançados e descontinuados, dando lugar a outros. Em 1999 fundiram-se Brahma e Antarctica, constituindo a Ambev, que hoje faz parte de um esquema mundial de produção de cervejas. A fábrica de Agudos recebeu muitos investimentos e hoje é uma das maiores do sistema. Tudo graças à boa água, que trouxe a Vienense há mais de 60 anos e conservou a Brahma até os dias atuais.
 
Proibida nasceu no Nordeste, mas hoje atua em todo país
A Proibida nasceu em Ceará, no ano de 2011, pelas mãos do empresário João Carlos Noronha, herdeiro do grupo João Santos, fabricante dos cimentos Nassau. Dois anos depois a empresa, cujo foco era abastecer o Norte e o Nordeste, onde a estação quente se estende praticamente por todo o ano, foi transferida para Nelson Morizono, o mesmo que Ratinho convenceu a vir para Agudos, que já foi dono de marcas como Monange, Doril, Benegrip e Biotônico Fontoura. Sob a nova direção, estendeu-se por várias capitais do nordeste e agora avança para outras regiões do pais.
A cerveja Proibida é pilsen, como a maioria das cervejas brasileiras (fórmula originária da cidade de Pilsen, na República Tcheca) e tem também a 100% malte, denominada puro malte, que será produzida inicialmente em Agudos. Atualmente as cervejas Proibida são produzidas no Ceará, na Bahia e em Frutal (MG).

destaques

Caixa paga R$ 2,6 bilhões de auxílio a 4 milhões de beneficiários

A Caixa Econômica Federal realiza hoje o pagamento de R$ 2,6 bilhões do auxílio emergencial para 4 milhões de pessoas nascidas em...

INSS fará reagendamentos automáticos

A reabertura parcial das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem congestionado a Central de Atendimento via telefone, um dos...

GAPSDownLP completa nove anos

A realidade das pessoas com Síndrome de Down pode ser muito difícil. Além de olharem o mundo de uma forma diferente e...

TST concede reajuste a funcionários e determina fim da greve dos Correios

Após 35 dias em greve, nesta terça-feira (22) funcionários dos Correios devem voltar ao trabalho. Ontem (26), no julgamento do dissídio da...

Caixa paga auxílio residual para beneficiários do Bolsa Família

A Caixa realiza hoje (22) o pagamento de R$ 428,7 milhões da primeira parcela do auxílio emergencial residual para 1,6 milhão de...

LEIA MAIS

Prazo para inscrição do processo seletivo para Coletor de Lixo termina amanhã

Termina amanhã o prazo de inscrição para o processo seletivo para Coletor de Lixo. A inscrição é aceita somente via internet, até...

Inscrições do processo seletivo para Coletor de Lixo seguem em Bauru

A EMDURB realizará processo seletivo para contratação temporária, por prazo determinado, para a função de coletor de lixo, visando o preenchimento de...

Macatuba divulga resultado do concurso público

A Prefeitura de Macatuba divulgou o resultado e a classificação final dos candidatos aprovados no concurso público (edital 03/2019).

Lençóis sobe para quarta colocação entre as melhores cidades do país

Município foi destaque pelo segundo ano consecutivo no Índice de Governança Municipal do Conselho Federal de Administração

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui