Grupo se mobiliza para protestar contra Bolsonaro

Manifestação aconteceu no período da tarde na Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista

Esta terça-feira (7), feriado que celebra o aniversário de 199 anos da Independência do Brasil, foi marcada por manifestações favoráveis e contrárias ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os maiores atos se concentraram nas capitais, principalmente em Brasília e São Paulo, mas centenas de cidades de norte a sul do país também se mobilizaram para protestar.

Em Lençóis Paulista, simpatizantes de Bolsonaro foram às ruas pela manhã e se concentraram na Praça Comendador José Zillo (Concha Acústica), onde diversas pessoas discursaram em apoio ao presidente da República. No período da tarde foi a vez do grupo que se opõe ao mandatário se reunir para manifestar seu grande descontentamento com a condução do país.

O ato Fora Bolsonaro, promovido pelo grupo Organização Popular Lençóis Paulista SP, formado majoritariamente por jovens, teve início por volta das 16h, na Praça das Palmeiras, sede da Prefeitura Municipal. Por cerca de uma hora, antes de saírem em passeata, quase 50 manifestantes expuseram suas indignações e gritaram palavras de ordem contra o presidente.

O grupo destacou pontos como desemprego, alta da inflação, política ambiental, ataques à democracia e ao sistema eleitoral, indícios de corrupção em negociações para a compra de vacinas, além da condução considerada desastrosa do enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que já tirou a vida de quase 600 mil pessoas no país.

Procurado pela reportagem de O ECO, o capitão Elcio Torres, comandante da 5ª Cia da Polícia Militar de Lençóis Paulista, que desde o início do dia mobilizou diversos policiais para garantir a ordem e a segurança durante os atos, revelou que tudo seguiu dentro da normalidade, sem o registro de nenhuma ocorrência relacionada às manifestações realizadas na cidade.

“Reforçamos o efetivo com alguns policiais que estavam de folga para as manifestações desta terça-feira, mas tudo transcorreu da melhor forma. Acompanhamos o ato realizado de manhã e também mobilizamos equipes para acompanhar tudo à tarde. Em nossa região de cobertura, também tivemos manifestação em Cabrália Paulista, também sem problemas”, explica.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques