Seguro DPVAT prevê queda de quase 20% nos acidentes em 2020

Mesmo com a redução, Brasil permanece com média de 30 mil mortes por ano

No Dia Nacional do Trânsito, celebrado ontem (25) sob o tema “Perceba o risco, proteja a vida”, o consórcio que gerencia o Seguro DPVAT apresentou um levantamento inédito com projeções de acidentes até o final de 2020. O estudo prevê queda de 19% no número de ocorrências em todo o país, considerando o período de isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Apesar da redução, segundo dados do DataSUS (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde) o Brasil tem média anual de 30 mil mortes no trânsito e cumpriu apenas 30% da meta da Década de Ação pela Segurança no Trânsito da ONU (Organização das Nações Unidas), que estabelece redução de 50% no número de mortes. O país saiu da marca de 43,2 mil mortes, em 2011, para 30,3 mil, em 2019.

Do total de ocorrências previstas até dezembro, 143,8 mil estão relacionadas a coberturas por invalidez permanente, 56,4 mil a indenizações para despesas médicas e 29,3 mil por mortes. A faixa etária mais sujeita a acidentes é a de 25 a 34 anos, presente em 27% do total projetado para este ano. As motocicletas são responsáveis por metade das mortes, com sete de 14 ocorrências para cada 100 mil habitantes.

destaques