Polícia Rodoviária apreende 130 kg de cocaína em Lençóis

Drogas estavam em caminhonete com placas do Mato Grosso do Sul que seguia com destino a São Paulo pela Marechal Rondon

Na tarde dessa quinta-feira (21), por volta de 16h, uma abordagem de uma equipe do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) resultou na apreensão de mais de 130 quilos de cocaína em Lençóis Paulista. A ação, desencadeada no âmbito da Operação Tiradentes 2022, ocorreu na altura do quilômetro 290 da Rodovia Marechal Rondon (SP-300), próximo ao trevo de acesso ao distrito de Alfredo Guedes.

Segundo informações da Polícia Rodoviária, durante a fiscalização de veículos na rodovia, a equipe abordou uma caminhonete, modelo Chevrolet S-10, que tinha placa do estado do Mato Grosso do Sul e trafegava no sentido interior/capital, antes da praça de pedágio entre Lençóis Paulista e Areiópolis. Em vistoria no interior do veículo, os agentes encontraram cinco bolsas contendo uma grande quantidade de cocaína.

O motorista, W.B.J., de 27 anos, que estava sozinho no veículo, foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas (artigo 33 do código Penal) e, posteriormente, encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal de Bauru, onde a ocorrência foi registrada. De acordo com as informações, foram localizados 123 tabletes de cocaína nas bolsas, pesando 130,5 quilos. Foi a maior apreensão do ano na rodovia.

A Operação Tiradentes 2022, iniciada nas primeiras horas da quinta-feira pelo Comando de Policiamento Rodoviário de São Paulo, está em andamento nos mais de 22 mil quilômetros da malha rodoviária do estado. Alinhada ao programa ‘Respeito à Vida – São Paulo Dirigindo com Responsabilidade’, a operação se encerra às 23h59 deste domingo (24). Ainda não há um balanço prévio das ocorrências.

Durante a operação o policiamento está atuando com o efetivo reforçado, visando proporcionar mais segurança aos usuários. As equipes estão presentes estrategicamente em áreas identificadas como de maior incidência de crimes, infrações e acidentes. O foco é a fiscalização de trânsito, mas as ações também contribuem para coibir e reprimir práticas ilícitas, como no caso desta ocorrência.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques