Polícia abre inquérito para investigar maus tratos a homem 94 anos

A Polícia Civil de Lençóis Paulista instaurou inquérito para apurar crime contra o Estatuto do Idoso. O caso, presidido pelo delegado Renzo Santi Barbin, foi denunciado pelo irmão do agressor, um advogado de 63 anos, que denunciou o engenheiro por maus tratos ao pai de 94 anos.
A polícia já ouviu a cuidadora do idoso, que confirmou o crime. Segundo relato à polícia, além de agredir o pai física e verbalmente, o engenheiro teria se apoderado dos cartões de crédito do idoso e o deixava sem remédios.
Com o depoimento da cuidadora, além de instaurar inquérito, a Polícia Civil encaminhou o caso ao Conselho de Defesa do Idoso. A reportagem procurou o delegado Renzo Santi Barbin, mas ele não quis se manifestar sobre o caso.

destaques