Plantão da Polícia Civil será transferido para Bauru

A partir da terça-feira (1), delegacia de Lençóis Paulista passará a funcionar apenas de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h

A partir da próxima terça-feira (1), o plantão da Polícia Civil de 18 cidades da região, entre elas, Lençóis Paulista, será transferido para Bauru. Na prática, a Delegacia de Polícia Civil só vai funcionar das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, o que significa que, ocorrências graves e flagrantes atendidos pela Polícia Militar deverão ser registrados na Central de Polícia Judiciária (CPJ), em Bauru.

A decisão foi divulgada por uma portaria assinada pelo delegado Seccional Luciano de Barros Faro, que colocou fim ao plantão à noite, nos finais de semana e feriados em 18 cidades da região: Agudos, Arealva, Avaí, Balbinos, Borebi, Cabrália Paulista, Duartina, Iacanga, Lençóis Paulista, Lucianópolis, Macatuba, Paulistânia, Pederneiras, Pirajuí, Piratininga, Presidente Alves, Reginópolis e Ubirajara.

A portaria que instituiu o Plantão Unificado foi publicada no início de novembro. A medida visa obedecer a um direcionamento do Governo do Estado. “Outras Delegacias Seccionais da região, como Marília, Lins, Jaú, entre outras, já adotaram este modelo otimizado de trabalho. Pretendemos com essa nova dinâmica levar vantagem para a população, por conceder mais tempo para a investigação e condução de inquéritos policiais nas delegacias, já que os órgãos administrativos se concentram todos em Bauru”, considerou o delegado Luciano de Barros Faro, à reportagem de O ECO.

Em relação ao trabalho da Polícia Militar, o delegado afirma que foi feito todo um levantamento em estatísticas de movimentação “Essa portaria que foi aberta é de caráter experimental. Vamos analisar a eficiência dessa nova sistemática. Pode ser que no decorrer do funcionamento poderemos mudar algo, ou mesmo reverter a decisão, sem problemas”, pontua.

A partir de dezembro, então, qualquer ocorrência grave ou flagrante policial atendido pela Polícia Militar em Lençóis Paulista (e as outras 17 cidades), no horário de plantão e que demande deliberação do delegado, deverá ser tratada em Bauru, no chamado Plantão Unificado de Atendimento, que fica no prédio da Central de Polícia Judiciária, localizado na Avenida Rodrigues Alves. O atendimento será exclusivo para os policiais militares que encaminharem ocorrências nesses horários.

Executivo e Legislativo se mobilizam para tentar reverter decisão de Doria

A administração municipal que tomou conhecimento da mudança através de representantes da Polícia Civil, sem ser notificada prévia e oficialmente, agora tenta reverter a decisão do Governo do Estado. A medida, que visa economizar recursos desagradou as autoridades locais. O prefeito Anderson Prado de Lima (DEM) e os 12 vereadores se reuniram na manhã dessa quarta-feira (25), na sede do Poder Legislativo.

A portaria contraria as discussões e reuniões dos últimos anos junto à Secretaria de Segurança Pública, em que Lençóis Paulista reivindica reforço às forças policiais, especialmente neste período de crescimento populacional por causa das obras da empresa Bracell, que por um lado traz benefícios, mas também eleva o número de registros policiais.

“Com todo respeito às outras cidades em que o plantão policial, a partir de dezembro, passará a ser unificado em Bauru, Lençóis Paulista, no estágio de desenvolvimento em que se encontra, necessita da polícia investigativa 24 horas por dia, durante os sete dias da semana”, argumentou o prefeito Anderson Prado de Lima, que protocolou, nesta quinta-feira (26), o ofício (272/2020) junto ao Ministério Público.

Os vereadores também redigiram Moção de Apelo endereçada à Delegacia Seccional de Polícia, Secretaria de Segurança Pública e a cúpula do Governo do Estado. As autoridades locais tentam convencer as autoridades estaduais a reverterem a decisão e manterem aberta ou de sobreaviso a Delegacia de Polícia à noite, nos finais de semana e feriados.

ÚLTIMA HORA

A redação de O ECO obteve, no início da noite dessa sexta-feira (27), a informação que uma reunião entre o prefeito Anderson Prado de Lima (DEM) e os delegados seccionais Ricardo Martinez e Luciano Faro, pode dar outros desdobramentos à questão da qual trata a manchete desta edição. De acordo com uma fonte, existem tratativas avançadas para que, mesmo com a Delegacia da Polícia Civil fechada no período noturno e aos finais de semana, policiais militares da cidade não tenham que se deslocar para Bauru para o registro de ocorrências de maior gravidade e flagrantes. A proposta seria deslocar uma equipe da Polícia Civil de Bauru para Lençóis Paulista sempre que houver necessidade, evitando que o patrulhamento preventivo e ostensivo da Polícia Militar seja comprometido. O delegado Luciano Faro deve vir à cidade na próxima quinta-feira (3) para tratar da questão.

destaques