Indivíduo é detido após furtar botijão

Após admitir ter vendido o objeto para comprar crack, ele foi liberado e responderá em liberdade

Um homem foi detido pela Polícia Militar após furtar um botijão de gás na madrugada de quarta-feira (18), na Rua Walter Moretto, no Jardim Maria Luíza. Ele admitiu ter vendido o objeto por R$ 30, dinheiro que usou para comprar pedras de crack. O indivíduo foi liberado após prestar depoimento e deve responder pelo crime em liberdade.

Por volta das 6h20, a PM foi acionada pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) a respeito de uma ocorrência de furto e conseguiu deter o suspeito. Duas viaturas se dirigiram até o local informado, uma delas com o autor do crime já detido, para obter maiores informações sobre o caso.

Ao ser questionado, A.M.R., de 22 anos, confessou que entrou na casa de C.A.S., de 47 anos, durante a madrugada e furtou um botijão de gás. Ele admitiu que vendeu o objeto no Jardim Primavera, por R$ 30, e usou o dinheiro para comprar pedras de crack. A PM chegou a comparecer ao local da venda do botijão, mas não encontrou nada.

O autor do crime e a vítima foram encaminhados à Delegacia de Lençóis Paulista, onde um Boletim de Ocorrência da Polícia Civil foi elaborado. A.M.R. foi liberado após prestar depoimento e deve responder em liberdade.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques