Idosa é agredida e assaltada na Vila Mamedina

Vítima estava entrando em sua casa quando foi abordada por um indivíduo; jovem, de apenas 16 anos, foi apreendido pela PM

Uma idosa foi assaltada na manhã, por volta das 8h30, desta quarta-feira (24), na Vila Mamedina, em Lençóis Paulista. A vítima tentou resistir ao assalto, se negando a soltar a bolsa que carregava, e chegou a ser derrubada e arrastada na rua pelo assaltante. O autor do crime, de apenas 16 anos, foi identificado e apreendido pela Polícia Militar.

Em depoimento à polícia, M.D.C., de 61 anos, contou que estava pegando a chave para abrir o portão de sua casa, na Rua Capitão Elias Francisco do Prado, quando foi abordada por um indivíduo. O jovem segurava um pedaço de madeira na mão, que usou para ameaçar a senhora enquanto anunciava o assalto, e cobria o rosto com uma camiseta.

Quando o assaltante tentou puxar a bolsa, M.D.C. resistiu, segurando mais forte, mas foi derrubada no chão e arrastada pelo asfalto. O ladrão fugiu com seus pertences. M.D.C. foi socorrida por populares, enquanto vizinhos que ouviram seus gritos por ajuda perseguiram o ladrão, identificado posteriormente como V.H.S., de 16 anos. Ele foi encontrado enquanto tentava se esconder dentro de um contentor de lixo.

Após deterem o indivíduo, os populares acionaram a Polícia Militar, que chegou no local logo depois. Ao ser indagado, V.H.S. admitiu o roubo, afirmando que pretendia trocar os pertences da vítima por drogas. Com ele, a polícia encontrou o pedaço de madeira utilizado para ameaçar a vítima, a bolsa roubada, o celular, que estava escondido em sua cueca, além de uma mochila com materiais escolares e um martelo.

Os pertences de M.D.C. foram devolvidos e os objetos de V.H.S. foram apreendidos. A vítima foi encaminhada à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), onde fez um curativo na mão, que tinha algumas escoriações. O jovem foi levado à Delegacia da Polícia Civil, onde foi apreendido pelo ato infracional de roubo consumado.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques