Homem se entrega à polícia após cravar faca no olho de outro

Vítima precisou ser transferida para Bauru para realização de cirurgia de emergência

Na madrugada da última quarta-feira (24), um homem foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Lençóis Paulista, depois de se envolver em uma briga e levar uma facada no rosto. Ele precisou ser transferido para Bauru para uma cirurgia de emergência. O autor do crime se entregou à polícia.

Segundo informações da 5ª Cia da Polícia Militar, uma equipe foi acionada por volta das 4h, após uma ocorrência de tentativa de homicídio ocorrida no Jardim Cruzeiro. F.C., de 31 anos, foi encontrado na Rua Rio Grande do Sul, com uma faca cravada no olho esquerdo, mas a confusão teria ocorrido algumas quadras acima.

Em declaração à polícia, a vítima, que estava consciente, apesar da gravidade do ferimento, afirmou que estava na rua (o local não foi especificado), quando um homem chegou e uma discussão se iniciou. Segundo ele, após alguns minutos, o indivíduo teria sacado uma faca e o atingido de repente.

F.C. foi socorrido por uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros e encaminhado à UPA, onde recebeu atendimento. Segundo os médicos de plantão, o caso era de alto risco e, como a faca poderia ter atingido nervos importantes, seria necessária a transferência para Bauru para a realização da cirurgia de retirada do objeto.

De acordo com informações de familiares, F.C. realizou a cirurgia ainda na quarta-feira (24) e permaneceu em observação na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas foi transferido para um leito comum no dia seguinte. A recuperação é considerada boa e a expectativa dos médicos é de que ele não fique com graves sequelas.

AUTOR SE ENTREGOU

Segundo a Polícia Militar, pouco depois do registro da ocorrência, o autor do crime se apresentou na 5ª Cia e deu uma versão diferente dos fatos. L.P.T., de 35 anos, alegou que estava em seu veículo, próximo de uma funilaria do Jardim Cruzeiro, quando começou a discutir com dois homens na rua, que passaram a agredi-lo e danificar o carro.

Durante a confusão, ele disse que correu para a casa de sua irmã, moradora do bairro, onde se apossou de uma faca e retornou ao local. Um dos envolvidos, que seria dono de um trailer de lanches, já havia ido embora, mas, de acordo com L.P.T., F.C. teria tentado lhe agredir novamente e, para se defender, ele desferiu a facada.

O motivo do desentendimento entre as partes ainda não foi esclarecido e será apurado pela Polícia Civil. L.P.T. foi conduzido à CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Bauru, onde a autoridade de plantão elaborou um Boletim de Ocorrência por tentativa de homicídio, mantendo-o preso, à disposição da Justiça.

destaques