Envolvido em espancamento de jovem segue foragido

Dois suspeitos foram presos na terça-feira (25); vítima segue em estado grave

A Polícia Civil de Lençóis Paulista segue em busca do terceiro suspeito de envolvimento no espancamento do jovem Victor Torres, de 18 anos, que foi encontrado por populares em um terreno baldio, extremamente ferido, por volta das 19h da última segunda-feira (24). O jovem segue internado em estado grave.

Analisando imagens de câmeras de segurança das imediações do local onde Torres foi encontrado, que o mostram chegando acompanhado de dois homens e uma mulher, a Polícia Civil conseguiu identificar os suspeitos. Um homem, R.L.S., e uma mulher, J.S., que não tiveram as idades divulgadas, estão presos desde a terça-feira (25).

O terceiro suspeito, W.L.P., que também não teve a idade divulgada, seguia foragido até o fechamento desta matéria. A informação é que ele estaria de saidinha temporária do sistema prisional, onde cumpria pena por roubo. As investigações seguem sob sigilo, mas a polícia acredita se tratar de uma tentativa de latrocínio.

Ainda segundo a Polícia Civil, os dois suspeitos presos, que estão na Cadeia Pública de Avaí, confessaram parcialmente envolvimento no crime, mas ambos deram declarações contraditórias, tentando se livrar da culpa. O caso está sob responsabilidade do delegado Luiz Cláudio Massa.

Victor Torres segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave. Em live realizada na quinta-feira (27), sua mãe, Chrislany Cruzeiro, afirmou que ele foi transferido da Santa Casa de Jaú para outro hospital, cuja localização é mantida em sigilo como medida de segurança, visto que um dos suspeitos continua foragido.

A mãe ainda explicou que o jovem não apresentou melhoras até o momento. A agressão que sofreu, que desfigurou seu rosto ao ponto de deixá-lo irreconhecível, causou um traumatismo cranioencefálico e hemorragia cerebral. Ela pede que as pessoas continuem orando pela melhora de seu filho.

ENTENDA O CASO

O desaparecimento de Victor Torres mobilizou as redes sociais no início desta semana. A mãe do jovem publicou em seu perfil no Facebook pedidos de oração e ajuda para obter informações sobre o paradeiro de seu filho. No mesmo dia, por volta das 19h, ele foi encontrado gravemente ferido.

De acordo com Chrislany Cruzeiro, seu filho havia ido para a casa de um amigo e enviou uma mensagem quando voltou, pedindo para que ela destrancasse a porta. Após cerca de dez minutos, estranhando o silêncio na residência, a mãe percebeu que Torres não havia entrado em casa.

Câmeras de segurança mostram que o jovem entrou em um carro durante a madrugada. Ao longo do dia, o celular da vítima foi encontrado com um desconhecido. O chip estava na posse de um dos três suspeitos, que foi liberado por falta de provas, mas depois teve o envolvimento confirmado pelas imagens.

destaques