Catador de reciclagem é baleado em Lençóis

Vítima foi atingida de raspão nas costas, mas foi liberada após receber uma sutura

Um catador de reciclagem foi baleado por volta de 14h50 da segunda-feira (11), na Cecap, em Lençóis Paulista. Atingido de raspão, ele foi socorrido por uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros e encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), de onde foi liberado após receber atendimento.

P.C.C., de 40 anos, contou à Polícia Militar que estava próximo ao antigo estacionamento de uma empresa de ônibus e ficou alguns minutos procurando objetos recicláveis, quando escutou quatro disparos e sentiu que foi atingido. A vítima afirmou que saiu do local rastejando e não viu quem efetuou os disparos.

L.A.S., de 54 anos, que retornava para sua casa, na Rua Humberto Peregrino, avistou a vítima com a camiseta coberta de sangue e acionou o resgate. Ela contou à polícia que, enquanto conversava com o homem, uma caminhonete parou próximo aos dois e logo em seguida desceu pela Rua Josué Montelo.

Outra testemunha, V.M.S., de 45 anos, declarou ouvir quatro disparos e avistou uma pessoa em cima de um muro guardando algo preto na cintura e saindo do local dirigindo uma caminhonete prata. V.M.S. também confirmou que o veículo parou próximo à vítima e depois seguiu em direção à Rua Josué Montelo.

Quando a PM chegou ao local, a vítima já havia sido socorrida. Posteriormente, o catador de recicláveis e as testemunhas prestaram depoimento na Delegacia da Polícia Civil. O suspeito chegou a ser identificado como A.Z.N. e 37 anos, mas não foi localizado em seu endereço.

Posteriormente, o homem compareceu à delegacia alegando ser proprietário do antigo estacionamento, negou envolvimento com o crime, mas admitiu possuir uma arma de fogo guardada em um cofre em sua casa. Tanto o revólver quanto as munições foram apreendidas para a realização de perícia.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques