Mulher foge da UPA com ajuda da família

A moça se recusou a permanecer na unidade de tratamento para receber avaliação psiquiátrica

Um Boletim de Ocorrência foi registrado após uma mulher fugir da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) com a ajuda da família. Durante a madrugada da última segunda-feira (22), a polícia foi acionada por volta das 2h30 para lidar com o ocorrido.

Segundo a médica de plantão, C.E.C.M., de 37 anos, a paciente D.M.J., de 29 anos, foi levada até a UPA pela unidade de resgate do Corpo de Bombeiros, que prestou os atendimentos iniciais após a mulher apresentar um quadro clínico de surto que foi seguido de uma tentativa de suicídio.

Após ser medicada, D.M.J. se recusou a permanecer na unidade de tratamento, onde precisava aguardar para receber uma avaliação psiquiátrica. Com a ajuda de familiares, a mulher fugiu do local. Diante dos fatos, C.E.C.M. solicitou que um Boletim de Ocorrência fosse feito, buscando resguardar a UPA.

destaques