Prado quer transformar PS do Monte Azul em Pronto Atendimento

Candidato à reeleição em Lençóis Paulista também falou sobre UPA, enchentes e habitação

O prefeito Anderson Prado de Lima (DEM), candidato à reeleição em Lençóis Paulista ao lado de Manoel dos Santos Silva, o Manezinho (PSL), foi o entrevistado de ontem na série de sabatinas com os postulantes ao cargo máximo do Poder Executivo na microrregião de circulação do Jornal O ECO.

Prado chegou aos estúdios de O ECO acompanhado pelo seu assessor de comunicação, Vitor Godinho. Ele permaneceu de máscara até o início da transmissão e, em seguida, pediu licença para retirar a proteção.

A primeira pergunta da equipe de jornalismo foi sobre o vídeo que circula nas redes sociais, no qual é flagrada uma suposta conversa entre Prado e Marcos Rodrigues de Lima, o Marcão Piauí. A gravação é passível de entendimento de que a licitação para a contratação da Irmandade Santa Casa de Birigui, com o objetivo de administrar a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), foi dirigida em troca de favores políticos. Vale lembrar que Irmandade Santa Casa de Birigui está envolvida em um recente escândalo de desvio de verbas da saúde, que culminou na Operação Raio-X.

Em sua resposta, Prado desafiou os órgãos de fiscalização para que realizem uma acareação dentre ele e Marcão Piauí. “Vamos ver quem vai tremer diante da justiça”, ressaltou. Ele também lembrou de todo o processo licitatório e citou outras empresas participantes, como a OCAS (Organização Cristã de Ação Social), o que, segundo o prefeito, comprova a lisura do processo.

Além de fazer um balanço de sua gestão até o momento, Prado também falou de suas propostas, caso reja reeleito. Uma dela é a transformação do Posto do Monte Azul em Pronto Atendimento, o que, segundo o prefeito, ainda não ocorreu por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O candidato à reeleição pelo DEM também atribuiu à pandemia o travamento na construção das 200 casas pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), anunciadas em 2018.

Questionado sobre o trabalho realizado em sua administração para evitar as enchentes, problema crônico e histórico do município, Prado aproveitou para cutucar o rival nas urnas, José Antonio Marise (PSDB), que era o secretário do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Lençóis Paulista. “Em nosso governo, não haverá negligência”. Em seguida, garantiu que não iria fazer julgamentos.

Nas considerações finais, Prado levantou o tom de voz para falar sobre, o que ele considera, “fake news” e as atribuiu ao seu principal opositor, Marise. Finalizou com um discurso ao seu eleitorado e pediu votos.

Hoje, o sabatinado é José Antonio Marise

O entrevistado de hoje na série de sabatinas do Jornal O ECO é José Antonio Marise (PSDB), candidato a prefeito ao lado de Marcelo Fernando Ranzani (PROS). A entrevista começa às 20h, ao vivo, pelo canal do Jornal O ECO no YouTube e pela página no Facebook.

destaques

Plantão da Polícia Civil será transferido para Bauru

A partir da próxima terça-feira (1), o plantão da Polícia Civil de 18 cidades da região, entre elas, Lençóis Paulista, será transferido...

Comerciantes fazem balanço positivo da Black Friday

A Black Friday, ou Sexta-feira Negra, segue aquecendo o comércio de Lençóis Paulista. A campanha, que inaugura a temporada de compras natalinas...

Vagas criadas até setembro representam 15% do mercado formal de Lençóis Paulista

As restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) comprometeram drasticamente a economia do país neste ano. Como reflexo, o nível de...

Prefeitura de Lençóis fará nova testagem em massa em dezembro

No mês de agosto, a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) começou a dar sinais de estabilização. A falsa ideia de que isso...

Bracell realiza operação de trânsito para transporte de grandes peças

O Projeto Star, obra de expansão da Bracell, em Lençóis Paulista, deve receber nesta sexta-feira (27) peças de equipamentos para a nova...