Comércio aposta nas promoções para aquecer economia

Lojas oferecem descontos de até 80%

Poucos dias após o grande movimento de consumidores no comércio no período de Natal e Ano Novo, comerciantes tentam reaquecer as vendas neste início de 2021. A aposta para atrair a população para as compras são os descontos e promoções. Apesar da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o fluxo de pessoas nas lojas do Centro de Lençóis Paulista tem sido grande.

Além dos descontos, que chegam a 80%, para chamar a atenção dos clientes algumas lojas investem na propaganda visual com números cada vez maiores, enquanto outras deixam os produtos com menores preços em bancas nas entradas dos estabelecimentos ou fazem as tradicionais liquidações de portas fechadas, com limitação de entrada de consumidores.

É o caso do Magazine Luiza, que realiza desde a quinta-feira (7) a Liquidação Fantástica. “Estamos com queima de estoque de mostruário e produtos novos com até 80% de desconto. Neste ano, por conta da pandemia, optamos por diluir as ofertas em quatro dias, para que não haja aglomeração. A liquidação segue hoje (sábado), das 9h às 17h, e amanhã, das 9h às 16h”, explica a gerente Valéria Brito da Silva.

Entre as lojas do setor de vestuário e calçados, os descontos também já estão nas etiquetas. “Temos peças com até 70% de desconto de coleções passadas, além de peças atuais com desconto de até 30%. Geralmente, seguimos com a liquidação durante todo mês de janeiro até diminuir bem o estoque”, conta Carla Médola, proprietária da Carla Médola Style, que comercializa roupas e sapatos femininos.

Apesar da pandemia, o clima é de otimismo entre os comerciantes. “Neste início de ano estamos com um cenário totalmente diferente, mas as expectativas de venda são ótimas. Estamos com toda loja em promoção, de 30% a 50% de desconto, e acreditamos que isso atraia o cliente que está procurando qualidade com preços baixos”, declara Guilherme Mattos, proprietário da loja Closet Wear, de vestuário e sapatos masculinos.

No segmento de perfumaria, os descontos chegam a 50%. “Todo mês de janeiro realizamos essa promoção com expectativa de alavancar as vendas. Neste ano, por conta da pandemia, estamos seguindo todos os protocolos sanitários com limitação de entrada e uso de máscara obrigatório dentro da loja”, frisa Soraia Lima, gerente de vendas da franquia local do Boticário.

A liquidação de verão deve permanecer ao longo de todo mês e aquecer a economia local. A expectativa do setor é que a movimentação garanta que os estabelecimentos fechem o primeiro mês do calendário com saldo positivo, além de reduzir os estoques já pensando na reposição para a coleção outono/inverno, no caso dos segmentos de calçados, vestuário e acessórios.

“Sabendo que em janeiro não tem nenhuma data sazonal, nem troca de estação, o lojista faz promoções como saldão, limpa de estoque, bota-fora, entre outras. Essas ações, além de estimular as vendas e dar um reforço no caixa, também servem para dar giro nos estoques”, explica José Antonio da Silva, o Neno, presidente da Acilpa (Associação Comercial e Industrial de Lençóis Paulista).

destaques