Banco Central anuncia lançamento da nota de R$ 200

FINAL DE AGOSTO – Em fase final de testes de impressão, modelo da cédula ainda não foi divulgado pelo BC (Foto: Divulgação)

A partir do fim de agosto, os brasileiros poderão circular com um novo tipo de cédula. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quarta-feira (29) a criação da nota de R$ 200. A cédula terá como personagem o lobo-guará, espécie que ficou em terceiro lugar em uma pesquisa do Banco Central (BC) sobre quais animais em extinção deveriam ser representados em novas cédulas. Em primeiro e segundo lugares ficaram a tartaruga marinha e o mico-leão-dourado, que já estampam as notas de R$ 2 e R$ 20, respectivamente.
Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira, a diretora de administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, disse que o lançamento é uma forma de a instituição agir preventivamente para a possibilidade de aumento da demanda da população por papel moeda.
Segundo o BC, entre março e julho deste ano, um dos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) foi o aumento de R$ 61 bilhões no entesouramento de moeda, ou seja, notas que deixaram de circular porque a população deixou o dinheiro em casa. 
De acordo com a diretora, não há falta de numerário no mercado, mas o BC entende que o momento é oportuno para o lançamento da nova cédula diante da possibilidade de aumento na demanda. “Estamos vivendo um período de entesouramento, efeito derivado da pandemia. O Banco Central, neste momento, não consegue precisar por quanto tempo os efeitos do entesouramento devem perdurar”, disse. 
A imagem da nota de R$ 200 ainda não está disponível porque está na fase final de testes de impressão. O lançamento está previsto para o final de agosto deste ano. Segundo o BC, a tiragem em 2020 será de 450 milhões de unidades, equivalentes a R$ 90 bilhões.

destaques