Aluguéis podem ficar até 17,94% mais caros

Alta no IGP-M é o principal fator para o reajuste; renegociação é a principal alternativa

A FGV (Fundação Getúlio Vargas) divulgou na terça-feira (29) um aumento de 4,34% no IGP-M (Índice Geral de Preços Mercado) em setembro. Com este resultado, o indicador acumula elevação de 14,40% em 2020 e de 17,94% nos últimos 12 meses. O índice, que registra a inflação de preços desde matérias-primas agrícolas e industriais até bens e serviços finais, também é usado para corrigir preços de aluguéis, o que pode ter impacto no bolso da população.

Os reajustes dos aluguéis decorrem de cláusulas contratuais que aplicam a revisão automaticamente a cada ano. Se as projeções da FGV se confirmarem, por exemplo, um contrato de locação com valor de R$ 1 mil, com vencimento para outubro de 2020, pode chegar a R$ 1.144, caso não haja uma renegociação entre locador e locatório. E este passa a ser o valor que vai vigorar mensalmente até o próximo reajuste, daqui a 12 meses.

“Caso este reajuste seja aplicado, ambas as partes vão sentir e haverá um conflito de interesses. De um lado, o locador do imóvel, que entende que o aluguel está defasado; de outro, o locatário, que acredita que, com a aplicação de IGP-M, o seu aluguel vai ultrapassar o valor de mercado. Nesse momento a imobiliária entra para interferir no negócio, através de um acordo”, afirma Marcos Aparecido de Toledo, sócio proprietário da Toledo Imóveis e chefe do departamento jurídico da empresa.

MERCADO IMOBILIÁRIO EM LENÇÓIS PAULISTA

O mercado imobiliário é um dos poucos que têm resistido à crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). No segundo trimestre, enquanto o PIB (Produto Interno Bruto) caiu 9,7%, as atividades imobiliárias cresceram 0,5%. As vendas, por exemplo, avançaram 9,7% de abril a junho, segundo indicador da Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadores Imobiliárias) com a FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Em Lençóis Paulista não é diferente.

“Não creio que Lençóis Paulista está passando por uma ‘bolha’ imobiliária. Na verdade, o setor em todo o país tem crescido e a cidade tem como aditivo a vinda de grandes empresas. Prova disso é que, nos últimos 15 dias, nossa imobiliária foi procurada por duas empresas do setor que figuram entre as maiores do Brasil, que têm interesse em vir para cá e fazer loteamentos, prédios, casas populares. Isso mostra que a cidade está passando por um momento muito promissor”, finaliza Toledo.

destaques

PM registra acidente grave no Centro

No final da tarde dessa terça-feira (1), a Polícia Militar de Lençóis Paulista registrou um grave acidente no Centro. A colisão lateral...

Reino Unido aprova vacina Pfizer/BioNTech contra Covid-19

O Reino Unido aprovou nesta quarta-feira a vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) desenvolvida em parceria entre a Pfizer e a BioNTech,...

Polícia Militar registra dois furtos ocorridos entre a segunda e terça-feira (1)

A Polícia Militar de Lençóis Paulista registrou em menos de 24 horas, duas ocorrências de furto, praticados em uma residência e uma...

Farmácia é roubada no Centro de Lençóis

Uma farmácia localizada na Rua Geraldo Pereira de Barros, no Centro de Lençóis Paulista, foi alvo da ação de um bandido na...

Plantão da Polícia Civil será transferido para Bauru

A partir da próxima terça-feira (1), o plantão da Polícia Civil de 18 cidades da região, entre elas, Lençóis Paulista, será transferido...