Neste domingo comemora-se o Dia do Baterista

Para homenagear a classe, O ECO conversa com músico Binho Ornelas

Para comemorar o Dia do Baterista, celebrado neste domingo (20), o ECO conversa com o músico e baterista Binho Ornelas, que conta sobre os desafios em manter a profissão e a paixão pela música ativa mesmo em momentos de pandemia. “Todos estamos passando por um momento delicado, mas nós, bateristas, estamos tendo a chance de nos reinventar em meio a essa crise. Se trocarmos a palavra crise por oportunidade, as coisas ficam mais interessantes”, conta.

É fato que o momento é desanimador para os músicos acostumados a realizar vários shows na semana, mas é certo que fases ruins vêm para capacitar ainda mais quem vive de música. “Fazer lives, aulas e gravações on-line, preparar métodos de ensino e vídeos para o Youtube, são formas de acrescentar algo relevante para outras pessoas. As oportunidades estão aí para todos, é preciso sair da zona de conforto e arriscar”, destacou.

Em Lençóis Paulista, os bateristas possuem um grupo no WhatsApp chamado Club Batera LP, formado por mais de 60 músicos. “Já tivemos a chance de nos reunir em confraternizações, ajudar uns aos outros com indicações de trabalho e até compra e venda de instrumentos. Para quem tiver interesse em participar é só entrar em contato. É uma forma de manter a união mesmo em meio à pandemia”, enfatiza Binho Ornelas, que parabeniza todos os bateristas nesta data.

destaques