“Maioria apoia”, diz modelo internacional noiva de indígena

ROMANCE – Modelo Aline Weber e o noivo, índio Pigma Amary (Foto: Istoé Gente/Divulgação)

A modelo internacional Aline Weber mudou radicalmente de vida nos últimos anos, quando ficou noiva de Pigma Amary, índio da tribo Xingu. Eles estão noivos desde outubro de 2019, e o pedido foi feito pela internet: ele na sua tribo, e ela nos Estados Unidos, onde morou por 13 anos até retornar ao Brasil.
A relação teve início durante viagem que duraria cerca de seis horas até o Alto Xingu, no Mato Grosso. A modelo pediu para trocar de lugar, com a ideia de ficar mais próxima de um rapaz tímido, que seria Pigma. Foi o início da história de amor dos pombinhos.
Em entrevista ao portal de notícias UOL, o casal comentou sobre o preconceito com a relação deles. “Já ouvi: ‘nossa, trabalhou tanto! Por que está com indígena?’. Sinto um pouco de raiva para as pessoas se informarem mais, mas a maioria sempre apoiou bastante”, disse Weber. “Às vezes dizem: nada ver, tá com modelo. Mas as pessoas têm que aprender tanto com o indígena como com a branca”, completou Pigma.
Essa não é a primeira vez que o casal fala sobre a relação. Em junho deste ano, o casal contou sobre a sua história no programa ‘Conversa com Bial’, da TV Globo.
Aline Weber está com 31 anos e se destacou trabalhando para grandes marcas do mundo, como Louis Vuitton, Prada, Chanel, Balmain, Saint Laurent, Stella McCartney, Dolce & Gabbana, entre outras.
Fonte: Istoé Gente

destaques