Campanha Papai Noel dos Correios será digital

O projeto teve início na quarta-feira; envio e adoção das cartinhas devem ser feitos pela internet

Na última quarta-feira (18), teve início mais uma edição da campanha Papai Noel dos Correios, que terá algumas mudanças em relação aos anos anteriores. Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a ação acontece de forma digital.

Todos os anos, milhares de crianças escrevem cartinhas com seus sonhos e pedidos, esperando que o Papai Noel os realize. Os profissionais dos Correios, comovidos com as mensagens, criaram a campanha de solidariedade para transformar esses sonhos em realidade. O projeto social, desenvolvido há mais de 30 anos, vem ganhando mais força a cada edição e já acontece em todo o país.

Neste ano, o Papai Noel dos Correios será realizado de maneira digital. Crianças de até 10 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social, podem escrever as cartas a mão, depois fotografá-las e enviá-las para o site do projeto. É importante que as imagens estejam claras para que os futuros padrinhos e madrinhas consigam entender os pedidos.

A adoção das cartas também será digital. Quem desejar se tornar padrinho e madrinha, deve acessar o site mencionado acima e clicar na opção “Adotar Agora”. Após o cadastro, serão exibidas as cartinhas próximas à localidade informada. Ao selecionar uma delas, todos receberão um e-mail de confirmação.

A entrega dos presentes deve ser feita presencialmente nas agências dos Correios das respectivas cidades, seguindo todos os protocolos sanitários recomendados pelas autoridades. As equipes das agências devem fazer as entregas nas semanas que antecedem o Natal.

Neste ano marcado pelo isolamento e distanciamento social, os coordenadores do projeto esperam que os valores natalinos sejam resgatados e que a solidariedade, a união, o amor e a fraternidade sejam fortalecidos e distribuídos ao próximo por meio de iniciativas como a campanha Papai Noel dos Correios.

destaques