Terceira Coluna 16

BASTIDORES
Daqui a menos de 10 dias tem início o período das convenções partidárias, que visam a definição de candidaturas e coligações para as eleições municipais de novembro. Enquanto nada de oficial ganha os holofotes, as atenções seguem voltadas aos bastidores, que estão com movimentações cada vez mais quentes em Lençóis Paulista.
LIVE
No último domingo (16), um dos possíveis concorrentes a prefeito teria realizado uma videoconferência com apoiadores para discutir a viabilização de sua candidatura. Animado com a possibilidade, Manoel dos Santos Silva, o Manezinho (PSL), estaria disposto a entrar na corrida rumo à Praça das Palmeiras.
TERCEIRA VIA
O que antes vinha sendo apontado apenas como uma remota possibilidade estaria ganhando cada vez mais força. O motivo seria a repercussão do surgimento de uma terceira via capaz de despolarizar a disputa eleitoral entre o atual prefeito, Anderson Prado de Lima (DEM) e o ex-prefeito José Antonio Marise (PSDB).
CHAPA QUENTE
A conversa teria avançado, inclusive, para a definição de um nome para a composição da chapa. O favorito seria o vereador Jucimário Cerqueira dos Santos, o Bibaia (PODE). Nordestino, negro e de origem humilde, como Manezinho, ele estaria despontando pela popularidade entre o povão e também por ter sido bem atuante no Legislativo.
OPÇÕES
Além de Bibaia, outra opção vista com bons olhos seria o educador musical José Santos (PODE), sobrinho de Manezinho, que atingiria os eleitores mais jovens. De dentro do próprio PSL, emergem outros dois possíveis nomes: o do vereador João Miguel Diegoli e de João Dutra, provedor do Hospital Piedade.
DÚVIDA
No caso de Dutra há uma dúvida em relação ao prazo de desincompatibilização, que pode inviabilizar uma eventual candidatura. Pelo fato de a entidade receber recursos públicos, em tese, o afastamento teria que ter ocorrido antes, mas existe jurisprudência para derrubar um possível veto.
VONTADE
Tudo, pelo menos até aqui, se resume ao campo das especulações, mas o fato é que os citados se afastaram de suas respectivas funções, como determina a legislação eleitoral. A movimentação deixa claro que todos pretendem concorrer a algum cargo eletivo, no mínimo, no Legislativo.
FORA
E falando em afastamento, pelo menos 25 servidores públicos da Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista deixaram seus cargos na última sexta-feira para concorrer a algum cargo eletivo em novembro. Entre todos os nomes que constam no Diário Oficial do município, um deles chama mais a atenção, pois pode ser o vice de Marise.
DEFINIDO
As movimentações seguem no entorno da candidatura do ex-prefeito. Segundo fontes consultadas pela reportagem de O ECO, após inúmeras conversas com aliados, ele teria praticamente definido quem será seu parceiro de chapa em mais uma tentativa de retomada do poder.
SÓ UM
Entre todos os nomes que vinham sendo ventilados nos bastidores, um dos menos prováveis pode acabar ocupando o posto de vice. O que circula é que a lista de possibilidades, que incluía diversas figuras conhecidas do eleitorado local, agora estaria resumida a uma única opção.
NÃO VÃO
Além de tucanos como o dentista Márcio Santarém, a vereadora Mirna Justo e o radialista Cristiano Castelhano, havia aliados de outros partidos, principalmente do Cidadania, como o vereador Leonardo Henrique de Oliveira, o Dudu do Basquete, e o experiente médico Norberto Pompermayer.
RANZANI
Entretanto, fontes carimbam que, a menos que algo inesperado ocorra internamente, o imediato de Marise será o médico Marcelo Ranzani, que vinha sendo pouco citado desde março, depois de afirmar pelas redes sociais que apoiaria Marise, mas que não pretendia se lançar candidato.
ESTRATÉGIA
Para alguns, pode ter havido muito poder de persuasão. Para outros, tudo pode não ter passado de estratégia para confundir, visto que, menos de um mês depois da declaração, Ranzani aparecia na relação de filiados do PROS, partido da base tucana, presidido por Altair Toniolo, o Rocinha, ex-diretor de Desenvolvimento do governo Bel Lorenzetti.
UM OU OUTRO
Mesmo que os rumores sejam fortes, até as convenções tudo segue como especulação. O fato é que Ranzani se afastou dentro do prazo exigido pela legislação eleitoral para os que pretendem concorrer a algum cargo eletivo. Não há dúvida que, mesmo que não seja vice, ele tentará uma vaga no Legislativo pela base de Marise.
PANDEMIA X POLÍTICA
Qualquer que seja o caminho, não se pode negar que Ranzani terá pelo menos uma difícil missão pela frente: a de convencer o eleitorado que tomou a decisão certa ao priorizar suas pretensões políticas, deixando seu posto de infectologista na rede pública de saúde, em meio à maior crise sanitária da história, ocasionada pela pandemia.
BALANÇA
Para um polêmico interlocutor, a balança pendeu para o lado que deu ao médico a possibilidade de bater de frente com o prefeito Prado. Aos que não se recordam, vale lembrar que Ranzani foi o primeiro secretário de Saúde da atual Administração, mas foi exonerado pelo chefe do Executivo após apenas dois meses à frente da pasta.
MÁGOA
Publicamente, o anúncio veio com a justificativa de que a decisão teria sido tomada em comum acordo, por incompatibilidade de horários. Mas há quem garanta que o desembarque do governo teria se dado em circunstâncias nada amigáveis, convertidas em muita mágoa. Caso haja procedência, muita roupa suja será lavada nesta campanha.
MARCADAS
E por falar em campanha, as primeiras convenções partidárias estão marcadas. Os sete partidos da base de Marise se reúnem no Centro Municipal de Formação Profissional: Patriota e Progressistas, no dia 31; PRTB e PDT no dia 1; Cidadania e PROS no dia 2, todos às 18 e 20h, respectivamente. O PSDB fecha a lista no dia 3, às 19h.
PTB
No mesmo dia e horário, no salão de convenções do Passer Hotel, também acontece a convenção do PTB, que deve oficializar a dobradinha dos ex-vereadores Celso Angelo Mazzini, o Dé, e Cleuza Spirandelli. Os demais partidos ainda não confirmaram as datas de seus encontros.

destaques

Golpe do WhatsApp faz vítima em Lençóis Paulista

Parecia uma moda passageira, mas os golpes que clonam o aplicativo do WhatsApp de usuários para roubar dinheiro se tornaram uma epidemia....

Rompimento com Santa Casa de Birigui não prejudicará funcionários

O serviço de urgência e emergência de Lençóis Paulista deve passar por uma nova transição nos próximos meses. Alvo da operação Raio-X,...

Sabatinas com os candidatos a prefeito começam na segunda

Em reunião realizada na tarde da última quarta-feira (21), O ECO promoveu o sorteio da ordem de realização das sabatinas com os...

Projeto transforma ipê-amarelo em árvore símbolo de Lençóis

Todo final de inverno e começo de primavera em Lençóis Paulista é marcado pelo show à parte dado pelos ipês. As árvores...

Lei define regras para regularizar chácaras

A Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista promulgou nesta semana a lei que possibilita a regularização das chácaras de recreio que foram implantadas...