Eleitos assumem cargos

DIA DE POSSE

Esta sexta-feira (1) marca o início de um novo ciclo, mas o feriado de Ano Novo terá um gostinho especial para os representantes dos Poderes Executivo e Legislativo, eleitos ou reeleitos nas eleições de novembro. Como acontece tradicionalmente a cada quatro anos, a data marca a posse de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, que exercerão seus mandatos até o dia 31 de dezembro de 2024.

RESTRITA

Em Borebi, o prefeito eleito, Anderson Pinheiro de Goes, o Chiquinho (MDB), e sua vice, Leila Ayub Vaca (PSDB), assumem seus cargos em cerimônia marcada para as 9h, no anfiteatro localizado nas dependências da Prefeitura Municipal. Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o evento será restrito a poucos convidados para garantir o distanciamento pessoal.

EDIS

Também tomam posse os nove vereadores borebienses. Os reeleitos João Lima de Souza (PSDB), Magregory Augusto de Oliveira (PSDB), Marcos Antonio Pontes dos Santos (MDB), Reginaldo César Martins (PV) e Roger Martins (MDB), além dos novos edis, Carlos João Stradioto (PSDB), Cezar Roberto Nunes (MDB), José Adilson Vera (PODE) e Miriani Cristina dos Santos Moreira (PSDB).

MAIS QUATRO

Em Areiópolis, o prefeito Antonio Marcos dos Santos, o Toni (PL), e seu vice, Antonio Carlos Príncipe, o Ciço (MDB), reeleitos no pleito do mês passado, serão reconduzidos aos respectivos postos em solenidade que acontece a partir das 10h, no plenário da Câmara Municipal. Para evitar aglomerações, o acesso ao local também será controlado, de acordo com a capacidade permitida pelo distanciamento.

CARAS NOVAS

Com a maior renovação da região na Casa de Leis, a cidade também empossa seus nove vereadores: João da Cruz Miquelino (DEM), Lucas Evandro Fiel Benedito (PSD), Marildo Alves (MDB) e Michel Henrique Augusto (CIDA), reeleitos, além de Carlos Alberto Leite (CIDA), Fledson Helio Turbano (PSD), Gilberto Rodrigues de Lima (DEM), Marciano Bueno da Silva (DEM) e Robson Cardoso dos Santos (MDB).

DE NOITE

Na vizinha Macatuba, a cerimônia de posse dos eleitos acontece no período noturno, no Teatro Municipal Renata Lycia dos Santos Ludovico. O vereador Anderson Ferreira (PODE), que deixará o cargo no Legislativo no dia anterior, assume a chefia do Executivo a partir das 20h, ao lado do empresário Claudinei Corrêa Leite de Moraes (PODE), seu vice.

REMANESCENTES

O mesmo vale para os 11 parlamentares da Câmara Municipal, sendo cinco deles com contrato renovado para mais um mandado pelo eleitorado macatubense: Eloizio Antonio Abel (PTB), João Batista Francisco, o João Zoião (CIDA), Júlio Cesar Saes, o Julinho Saes (PTB), Lasaro Diniz Cordeiro, o Lasão (PSD), e Sebastião Candido de Moraes, o Tião da Laranja (PL).

MAIORIA

Os outros seis vereadores que assumem o cargo representam a grande renovação 54,55% do Poder Legislativo local: Amadeu Raimundo, o Amadeu do Esporte (PATRI), Antonio Severino, o Toninho Brastec Refrigeração (PATRI), Cleiver Vieira dos Reis (PV), Cristiano Cesar Mendes (PL), Leandro Fogaça Giraldi (PODE) e Paulo Henrique Neves (MDB).

IMPASSE

Em Lençóis Paulista, até o fechamento desta edição não havia confirmação em relação ao local de realização da solenidade. Inicialmente prevista para acontecer a partir das 10h, no Teatro Municipal Adélia Lorenzetti, como ocorreu na posse de 2017, o evento poderia ser transferido para a Sala de Sessões Mário Trecenti, sede legislativa da Câmara Municipal.

PARA POUCOS

Independentemente do local de realização, a previsão é de que o evento que marca a recondução do prefeito Anderson Prado de Lima (DEM) ao cargo, como nas demais cidades, seja restrito aos eleitos, familiares e imprensa. Além do chefe do Executivo, serão empossados o vice, Manoel dos Santos Silva, o Manezinho (PSL), vice-prefeito eleito, e os 12 vereadores da Casa de Leis.

DEBUTANTES

O Legislativo lençoense teve pouca renovação, na comparação com anos anteriores. Serão quatro vereadores assumindo pela primeira vez: Andreia Bernardo Zaratini Martinelli (PSL), Renato da Silva Góis, o Papa Góis (DEM), Rômulo Paulon Pegolo (PP) e Valdivino Miguel Barbosa (PSC). Irani Gorgonio (PSDB) também não está em exercício, mas ocupou o cargo como suplente por mais de três anos.

VETERANOS

Na lista dos que reassumem estão Damião Augusto Xavier de Oliveira, o Professor Guto (MDB), Francisco de Assis Naves, o Chico Naves (MDB), Jucimário Cerqueira dos Santos, o Bibaia (PODE), Luiz Gonzaga da Silva, o Luizinho do Açougue (PL), Leonardo Henrique de Oliveira, o Dudu do Basquete (CIDA), Mirna Adriana Justo (PSDB) e Nardeli da Silva (DEM).

QUEM LEVA?

Vale lembrar que as cerimônias também marcam a definição das presidências das respectivas Casas de Leis, bem como da composição das Mesas Diretoras para o primeiro biênio. Os favoritos, segundo informações de bastidores, seriam Nardeli as Silva, em Lençóis, Julinho Saes, em Macatuba, Lucas Benedito, em Areiópolis, e Roger Martins, em Borebi.

destaques