Quem acredita sempre alcança

A perseverança é, sem dúvida, uma das maiores virtudes do ser humano, principalmente do brasileiro, que, como já diz o ditado, “não desiste nunca”. O aguardado anúncio da pavimentação do trecho de cerca de 50 quilômetros da Rodovia Osni Mateus (SP-261), entre Lençóis Paulista e Águas de Santa Bárbara, levou tanto tempo que muitos até acabaram desistindo. Felizmente, nem todos.

Renato Russo, saudoso e brilhante poeta do rock nacional, já dizia em uma de suas reflexivas composições, precisamente na música “Mais uma vez”: “Quem acredita, sempre alcança”. E, verdade seja dita, ninguém acreditou tanto que esse dia poderia chegar quanto Manoel dos Santos Silva, o Manezinho, vice-prefeito de Lençóis Paulista. Insistente e irredutível na ideia, venceu pelo cansaço, de tanto pedir.

A liberação da obra, estimada em mais de R$ 150 milhões pegou todo mundo de surpresa. Não havia nada programado, tanto que o anúncio sequer foi feito em Lençóis Paulista, onde o governador havia acabado de estar. Segundo ele próprio, foi convencido pelos argumentos de Manezinho durante o almoço no gabinete do prefeito Anderson Prado de Lima, que ajudou na investida derradeira.

Ou a lábia da dupla do Executivo local foi grande ou a comida servida ao chefe do Palácio dos Bandeirantes estava muito boa, afinal, não é todo dia que se decide liberar R$ 150 milhões ‘de supetão’, sobretudo para uma pequena cidade do interior do estado. A primeira visita à cidade saiu bem cara para o governador, ou não. Talvez ele saiba que está plantando uma semente de olho nas eleições do ano que vem.

Independentemente de possíveis segundas intenções, essa é, sem dúvida, uma grande conquista não apenas para a cidade, mas para toda a região. Agora, o que todos esperam é que a obra, finalmente, saia do papel. Mais do que isso, que tudo seja feito com a devida celeridade. Ninguém quer correr o risco de ver tal projeto ser engavetado ou ficar apenas na promessa, como em outros carnavais.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques