Prato salgado na mesa do trabalhador

Quem vai com frequência ao supermercado para abastecer a despensa de casa tem acompanhado o aumento considerável dos preços de muitos produtos de primeira necessidade, como o arroz e o óleo de soja, que acabaram se tornando os grandes vilões do orçamento doméstico nas últimas semanas. Este é apenas mais um reflexo da crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).
Com a supervalorização do dólar, que estava cotado a R$ 5,32 nessa sexta-feira (11), o exterior se tornou muito mais atrativo para os produtores rurais brasileiros. A justificativa é bem simples. O que os motiva a vender para o mercado interno se exportando suas colheitas para outros países e recebendo em moeda norte-americana eles têm muito mais lucro na conversão cambial?
Com mais produtos saindo do país e a demanda se mantendo ou até mesmo aumentando, é natural que o preço dispare. É a lei de oferta e procura que sempre dominou o mercado. Nesse contexto, caberia ao Poder Público, no caso o Governo Federal, agir para impedir que todo o peso recaísse sobre o cidadão. Tarde demais. Mesmo que algo eficiente seja feito, muitos já pagaram um preço alto, literalmente.
A pesquisa de preços dos principais itens básicos feita mensalmente pela reportagem de O ECO aponta alta de até 6,71% entre agosto e setembro. Só o arroz e o óleo de soja subiram mais de 32% e 37% no período. E isso considerando os preços coletados na primeira semana do mês, que é considerada como base para todo levantamento. Nos últimos dias o preço subiu ainda mais.
Não adianta cobrar explicações do setor supermercadista, como fez o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O buraco é muito mais fundo e quem tem que agir para tapá-lo é quem está no comando do país. Pelo menos é o que se espera.

destaques

PM registra acidente grave no Centro

No final da tarde dessa terça-feira (1), a Polícia Militar de Lençóis Paulista registrou um grave acidente no Centro. A colisão lateral...

Reino Unido aprova vacina Pfizer/BioNTech contra Covid-19

O Reino Unido aprovou nesta quarta-feira a vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) desenvolvida em parceria entre a Pfizer e a BioNTech,...

Polícia Militar registra dois furtos ocorridos entre a segunda e terça-feira (1)

A Polícia Militar de Lençóis Paulista registrou em menos de 24 horas, duas ocorrências de furto, praticados em uma residência e uma...

Farmácia é roubada no Centro de Lençóis

Uma farmácia localizada na Rua Geraldo Pereira de Barros, no Centro de Lençóis Paulista, foi alvo da ação de um bandido na...

Plantão da Polícia Civil será transferido para Bauru

A partir da próxima terça-feira (1), o plantão da Polícia Civil de 18 cidades da região, entre elas, Lençóis Paulista, será transferido...