Há sempre algo para celebrar

A edição deste sábado (24) circula com um caderno especial que destaca o aniversário de 163 anos de emancipação político-administrativa de Lençóis Paulista, oficializada em 28 de abril de 1858. Mesmo que haja pouco para se comemorar em meio a esta grave crise sanitária enfrentada há mais de um ano, é importante celebrar de alguma forma, ainda que internamente, ainda que sozinho, ainda que silenciosamente.

Celebrar pela saúde, para os que permanecem a salvo da Covid-19 ou para os que saíram vitoriosos das angustiantes e dolorosas batalhas contra este terrível inimigo. Ao mesmo tempo, celebrar pelas belas e marcantes trajetórias daqueles que, infelizmente, tiveram suas vidas interrompidas pela pandemia. Daqueles que partiram deixando muita saudade, mas também os seus legados dignos de reverência.

Esta edição também celebra a esperança, a confiança e a certeza de que dias melhores virão. Seja por conta da vacinação que avança, ainda que a passos estreitos; seja pela coragem que todos temos de não desistir, mesmo sabendo que existe um longo e difícil caminho pela frente. A resiliência é um dom de todo bom brasileiro, principalmente do lençoense, que tropeça, que cai, mas sempre se levanta.

destaques