Rotary arrecada 51 bolsas de sangue para Amaral Carvalho

Por conta da pandemia, ação teve número reduzido de senhas; 40 pessoas não conseguiram doar

Na semana do Dia Mundial do Doador de Sangue (25 de novembro), o Rotary Club de Lençóis Paulista promoveu mais uma campanha com o objetivo de reforçar os estoques do Hospital Amaral Carvalho, de Jaú. Mesmo com número limitado de senhas, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a organização considera que a ação realizada na noite da quinta-feira (26) foi um sucesso.

Segundo Rogério Troncone, presidente do clube de serviços, foram distribuídas 66 senhas. Duas pessoas foram embora antes da doação e outras 13 foram consideradas inaptas a doar após a triagem – os voluntários devem atender a uma série de requisitos para doar. No total, foram coletadas 51 bolsas de sangue, que terão como destino o Hemonúcleo Regional do Hospital Amaral Carvalho.

A instituição, que atende à demanda de diversas cidades da região, possui uma parceria com o Rotary Club de Lençóis Paulista e realiza, em média, quatro campanhas de doação de sangue anualmente. O clube de serviços cede o local e fornece diversos voluntários para auxiliar a equipe de especialistas do hospital, que transporta seus equipamentos para coleta.

Troncone relata que mais de 40 pessoas ficaram sem senha. “Geralmente as senhas se esgotam em uma hora e meia, ou duas horas depois do início das campanhas. Dessa vez, acabaram em meia hora”, diz. “Doar sangue é doar vida. Eu fico muito grato ao ver que o povo é solidário e tem um grande coração. Não sabemos quanto tempo vamos viver, então precisamos fazer o bem sem olhar a quem”, completa.

destaques