Parceria abre caminho para implantação do Programa Acolhe Mais

ACOLHE MAIS – Com capacidade para atender 50 pessoas, programa vai funcionar no antigo prédio da Casa Mãe Piedade (Foto: Arquivo/O ECO)

Na manhã da última quinta-feira (15) foi formalizada a parceria entre a Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista e o Santuário Nossa Senhora da Piedade para a implantação do programa Acolhe Mais Mãe da Piedade, que tem como foco o atendimento aos moradores em situação de rua do município. O encontro, realizado na Prefeitura, teve como objetivo a assinatura do termo de cessão do prédio que abrigará o projeto, onde antes funcionava a Casa Mãe Piedade. Pertencente à Igreja Católica, o local será utilizado pelo município, que fica isento do pagamento de aluguel pelos próximos 20 anos. 
Além do prefeito Anderson Prado de Lima (PSB) e do monsenhor Carlos José de Oliveira, pároco do Santuário Nossa Senhora da Piedade, participaram do encontro, a vice-prefeita, Cíntia Duarte (PDT), o presidente da Câmara Municipal, Manoel dos Santos Silva, o Manezinho (PSDB), o diretor de Assistência Social, Ney Góes, membros da igreja católica e representantes do Lions Clube e do Rotary Clube, parceiros no projeto.
Durante o encontro o prefeito enalteceu a parceria, mas revelou que ainda é necessário buscar apoio de outras esferas da sociedade para manter o serviço, que, conforme antecipou o diretor de Assistência Social, Ney Góes, ao Jornal O ECO, tem custo mensal estimado entre R$ 15 mil e R$ 20 mil.  “A ideia é que a questão do morador de rua seja abraçada por toda a sociedade, por todos os segmentos que representam o povo lençoense”, resumiu Prado de Lima.
Idealizador da Casa Mãe Piedade, que deixou de funcionar em 2013, o monsenhor Carlos José de Oliveira comemorou o novo projeto. “Ficamos felizes e agradecidos a Deus porque aquela estrutura foi doada, construída e equipada para acolher os irmãos em situação de rua e agora retorna ao seu objetivo original, que é abrigar pessoas que precisam de atenção social e humano, irmãos que passam por dificuldade”, destacou.
O PROGRAMA
Lançado em dezembro do ano passado, o programa Acolhe Mais (agora Acolhe Mais Mãe da Piedade) foi desenvolvido pela equipe da Diretoria de Assistência Social com o objetivo não apenas de abrigar, mas promover a reinserção dos indivíduos em situação de rua na sociedade. Com capacidade para atender até 50 pessoas, o local deve entrar em funcionamento no mês de abril.
Segundo Ney Góes, o imóvel contará com alojamentos, cozinha, refeitório, lavanderia, sanitários, vestiários e diversas salas destinadas a atividades socioeducativas, projetos culturais, oficinas de artesanato e cursos de capacitação. Para adequação do local a Prefeitura deve investir R$ 113 mil, sendo que R$ 100 mil são provenientes de uma emenda impositiva do deputado federal Baleia Rossi (MDB), pleiteada pelo vereador Ailton Aparecido Tipó Laurindo (MDB).

destaques

PM registra acidente grave no Centro

No final da tarde dessa terça-feira (1), a Polícia Militar de Lençóis Paulista registrou um grave acidente no Centro. A colisão lateral...

Reino Unido aprova vacina Pfizer/BioNTech contra Covid-19

O Reino Unido aprovou nesta quarta-feira a vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) desenvolvida em parceria entre a Pfizer e a BioNTech,...

Polícia Militar registra dois furtos ocorridos entre a segunda e terça-feira (1)

A Polícia Militar de Lençóis Paulista registrou em menos de 24 horas, duas ocorrências de furto, praticados em uma residência e uma...

Farmácia é roubada no Centro de Lençóis

Uma farmácia localizada na Rua Geraldo Pereira de Barros, no Centro de Lençóis Paulista, foi alvo da ação de um bandido na...

Plantão da Polícia Civil será transferido para Bauru

A partir da próxima terça-feira (1), o plantão da Polícia Civil de 18 cidades da região, entre elas, Lençóis Paulista, será transferido...