Doações do Imposto de Renda podem ser feitas até o final de abril

Contribuintes podem destinar parte do valor devido a projetos sociais do município

Contribuintes que precisam declarar o Imposto de Renda neste ano podem direcionar parte do valor devido a projetos sociais de suas respectivas cidades. Em Lençóis Paulista, as doações podem ser feitas ao Fundo Municipal do Idoso e ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que financiam iniciativas voltadas à terceira idade e aos jovens. O prazo para doar termina no dia 30 de abril.

De acordo com a legislação tributária, pessoas físicas podem doar até 6% do imposto devido. Já pessoas jurídicas podem destinar até 1% do valor total. Para realizar a doação, é necessário acessar o site da Prefeitura Municipal (www.lencoispaulista.sp.gov.br) e procurar, no menu localizado no lado esquerdo da página, a opção “Impressão de Guia de Doação”, que está na aba “Cidadão”.

Ao efetivar a doação do Imposto de Renda para o Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente ou para o Fundo do Idoso, o valor permanece no município, retido em contas administradas pelos respectivos conselhos para utilização em programas sociais. Para Nádia Placideli Ramos, presidente do CMI (Conselho Municipal do Idoso), usar parte imposto para auxiliar causas sociais é investir no presente e, também, no futuro.

“Ao investir no Conselho, uma pessoa contribui com o avanço de serviços, programas e ações pensados para os idosos. É uma forma de ajuda que todos deveriam realizar, porque, assim, estamos construindo uma sociedade e um município melhores para se viver, tanto para os idosos lençoenses quanto para nós, que no futuro iremos envelhecer”, explica.

O contribuinte, ao optar por não destinar parte do imposto devido aos fundos, ainda terá que pagar o tributo ao Governo Federal. Permitindo que o valor permaneça na cidade, o cidadão auxilia na realização de grandes iniciativas. “Todos nós temos a obrigação de pagar o imposto, mas temos a alternativa de transformar essa obrigação em uma boa ação”, finaliza Nádia.

destaques