De Lençóis Paulista para o mundo

Massoterapeuta Silvana Alves Feliciano conta como foi descoberta por atleta italiano e descreve sua nova rotina no Rio de Janeiro

Sabe aquelas histórias inusitadas e surpreendentes que acontecem na vida de algumas pessoas? Poucos poderiam imaginar, mas foi exatamente o que aconteceu com a massoterapeuta Silvana Alves Feliciano, de 50 anos, de Lençóis Paulista, que em novembro do ano passado recebeu um convite inesperado para exercer sua profissão na cidade do Rio de Janeiro.

O convite veio depois de uma sessão de massoterapia, em que o toque das mãos da profissional chamou a atenção do melhor jogador de beach tênis do mundo, o italiano Alessandro Calbucci, que veio a Lençóis Paulista para ministrar aulas na Arena Ubirama Beach Tennis e precisou passar por sessões de massagens no período em que praticou e ensinou o esporte na cidade.

“Eu fui indicada por uma atleta local para realizar a massoterapia no Calbucci. Dos dias que ele esteve na cidade, três dias ficou comigo para as sessões. Em uma delas, ele me fez o convite para ir até o Rio de Janeiro aplicar a minha prática aos seus colegas jogadores. Fiquei receosa no início, mas aceitei o convite. Desde então, já viajei duas vezes para lá”, conta Silvana, que exerce a profissão há quatro anos.

No Rio de Janeiro ela está hospedada em um apartamento de frente para o mar em Copacabana, onde já realizou sessões de massoterapia em mais de 50 atletas profissionais, entre eles, beach tenistas, velejadores e ciclistas. Também já atendeu médicos e artistas. “O cuidado com a saúde do corpo é essencial e eu pude perceber que os cariocas se preocupam muito com o tratamento preventivo e a estética corporal”, explica.

Sobre a massoterapia, Silvana conta como enxergou o outro lado da prática. “E incrível. Você encontra uma pessoa que nunca viu e, em questão de minutos, ela está contando sobre sua vida. Já atendi pessoas de diferentes cores, religiões. E percebi que, no íntimo, as angústias são as mesmas. E mais que um contato físico, é um contato emocional. Ser massoterapeuta, para mim, é ter o dom e o amor para curar o corpo com as mãos”, diz.

Para 2021, a profissional deseja investir em seu próprio Spa, em Lençóis Paulista, e continuar adquirindo conhecimento e transmitindo para seus fiéis clientes, que não abrem mão de sua massagem. Para a Cidade Maravilhosa ela já tem passagens compradas para fevereiro, pois, mais que uma vontade, atletas do mundo todo já sentem a necessidade da presença e prática da lençoense, que mudou de vida com apenas um toque e muita determinação.

À reportagem de O ECO, o atleta Alessandro Calbucci descreve a massoterapia da lençoense. “Quando conheci a Silvana, em Lençóis, me apaixonei. Eu só havia sentido um toque parecido com o dela em uma sessão realizada na Tailândia. Eu quis que todos a conhecessem, então, eu disse para ela: ‘Você precisa descobrir o mundo e o mundo precisa descobrir você”, destaca o italiano, que já tem planos fora do país para Silvana.

“Está programada para agosto uma viagem à Itália. A vida nos dá cada presente”, finaliza Silvana. Para conhecer um pouco do trabalho da profissional acesse as páginas do Facebook (Massoterapeuta Silvana A. Feliciano) e Instagram (@silalves.massoterapia).

destaques