Campanha distribui cofrinhos solidários

Iniciativa visa arrecadar fundos para o tratamento com células-tronco

A campanha “Somos Todos Nicolas” começou a distribuir cofrinhos solidários com o objetivo de arrecadar fundos para ajudar o pequeno Nicolas Felipe Campos Piccoli, de três anos. Diagnosticado com paralisia cerebral, ele nasceu prematuramente (com 26 semanas), após um problema gestacional e precisa realizar um tratamento com células-tronco.

Por conta da condição do filho, a mãe, Sandy Caroliny Piccoli, criou campanha para levantar os recursos necessários para custear o tratamento, que é realizado em uma clínica especializada localizada no Paraguai. Para a realização dos procedimentos, que podem melhorar a qualidade de vida do pequeno, são necessários cerca de US$ 15 mil (R$ 85 mil na cotação atual).

“A paralisia cerebral não tem cura, mas o Nicolas pode ter uma melhora significativa. Esse tratamento vai ajudar na postura dele, porque ele não consegue se sentar sozinho ou ficar em pé, vai fortalecer o equilíbrio e restaurar os neurônios. É um tratamento que vai auxiliar nas terapias que ele já faz, como a fisioterapia e a fonoaudiologia”, explica a mãe.

Os cofrinhos solidários são mais uma maneira que Sandy criou para ajudar na campanha. Eles estão sendo distribuídos nas cidades de Botucatu, São Manuel e Lençóis Paulista. Quem desejar colocar um cofrinho em seu estabelecimento comercial deve entrar em contato pelo telefone (14) 9 9702-8069. “Eu posso levar até a pessoa. Em janeiro, passarei recolhendo”, diz.

A mãe do pequeno Nicolas espera que os cofrinhos incentivem as pessoas a doarem, mesmo que seja uma quantia pequena. “Isso é muito importante para nós”, conta. Doações para a campanha também podem ser feitas em dinheiro, pela conta em nome de Nicolas Felipe Campos Piccoli (Caixa Econômica Federal, agência 4896, conta poupança 6385-7, operação 013).

destaques