Após reclamações, Demutran realiza nova mudança no trânsito de Lençóis

Alteração no sentido de vias no Parque São José terá início na segunda

O Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) de Lençóis Paulista anunciou uma nova mudança – a segunda em menos de uma semana – nos sentidos de direção de duas vias no Parque Residencial São José. A decisão foi divulgada na terça-feira (17) nas redes sociais da Prefeitura Municipal. A alteração deve manter as ruas Tomé de Souza e Braz Cubas com sentido único nos sentidos Centro-bairro e bairro-Centro, respectivamente.

Inicialmente, foi anunciada a alteração de trânsito na Rua Tomé de Souza como sentido único, no trecho compreendido entre as ruas José Paccola e Dr. Gabriel de Oliveira Rocha. Entretanto, após ser divulgada nas redes sociais da Prefeitura Municipal, grande parte dos usuários se mostraram contrários a decisão. “Cada dia mais difícil transitar na cidade, essas mudanças atrapalham muito nossa vida”, escreveu um deles em postagem no Facebook.

Na segunda-feira (16), considerando as manifestações referentes às mudanças, a Prefeitura divulgou uma nova proposta do Departamento de Trânsito para aquela via visando a segurança de motoristas e pedestres. A partir da segunda-feira (23), a Rua Tomé de Souza passa a ter sentido único (Centro-bairro) da Avenida Papa João Paulo II até a Rua Manoel Amâncio. Já a Rua Braz Cubas também terá sentido único (bairro-Centro), da Rua Manoel Amâncio até a Rua José Paccola.

De acordo com o coordenador de Trânsito e Sistema Viário do Demutran, Luiz Francisco Mariano, o local é conhecido pelo alto fluxo de veículos no período da manhã e tarde. “Um dos principais fatores que resultaram nas mudanças é a intensidade de veículos nas duas mãos em uma rua simples e estreita. A prova disso é que existem placas de proibido estacionar na Rua Tomé de Souza durante a semana. Então, já é tirada a liberdade dos moradores que moram ali para estacionar em frente a sua residência”, afirma Mariano.

Ele conclui apresentando as estratégias utilizadas na nova mudança. “Por ser uma rua extremamente curta, não tem como trabalhar sistemas de segurança […]. O objetivo, agora, é descentralizar o máximo de veículos para outras ruas”, completa o coordenador de trânsito, que afirma que as mudanças realizadas nas ruas são de caráter experimental e poderão sofrer alterações.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques