Amorada realiza campanha de arrecadação de fraldas

Itens arrecadados pela entidade serão utilizados por uma acolhida de quatro anos com necessidades especiais

A Casa Abrigo Amorada, entidade de Lençóis Paulista que oferece serviço de acolhimento institucional, assegurando conforto e bem-estar a crianças e adolescentes que estão sob medida de proteção judicial, está organizando mais uma campanha solidária. Dessa vez, o objetivo da entidade é arrecadar fraldas geriátricas para uma acolhida com necessidades especiais.

Com capacidade para 20 pessoas, a Casa Abrigo continua superlotada, atualmente com 30 moradores – ou seja, funcionando 50% acima de sua capacidade. O coordenador da entidade, Rafael de Lima, pede a colaboração da comunidade e explica que, por mais que a entidade receba recursos da Prefeitura Municipal, o valor não é o bastante para atender todas as necessidades da instituição.

“A Casa Amorada é financiada pelo serviço público, mas esse custeio é feito em cima de um planejamento inicial discutido no começo do ano. Outras demandas surgem ao longo do ano que não estão dentro desse plano, por isso, acabamos, solicitando a ajuda da comunidade para que esse custo não pese para a entidade. Essa necessidade das fraldas, por exemplo, é para uma criança que está na Casa e tem necessidades especiais, então, as fraldas comuns não servem nela”, afirma.

O coordenador ressalta que a criança usa o tamanho acima de 15 kg ou geriátrica P. A marca Bigfral foi a que se adaptou melhor ao corpo dela, mas doações de outras marcas também são bem-vindas. A Casa também aceita doações em dinheiro, que serão utilizadas para comprar os itens de maior necessidade.

Quem tiver condições, pode contribuir com roupas, calçados, brinquedos, alimentos, produtos de higiene pessoal, entre outros, que também são itens de necessidade para os acolhidos. É possível entrar em contato para saber quais são os itens de maior urgência.

Quem puder ajudar deve levar os produtos diretamente na Casa Abrigo Amorada (Rua Pedro Natálio Lorenzetti, 950, no Centro) ou entrar em contato pelo telefone (14) 3264-2058 para que a entidade possa buscar os itens. Doações em dinheiro podem ser feitas por depósito em conta corrente (Banco do Brasil, agência 05738, conta 420174) ou via PIX, chave CNPJ 27938710000113.


A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade.

Valorize o jornalismo profissional. Fuja das Fake News. Clique aqui e assine O ECO!

destaques