A mocinha do xeque-mate

INFLUÊNCIA – Liara começou a jogar incentivada pelo pai e hoje a família respira xadrez – Foto: Elton Laud

Nada de jogos eletrônicos, ou pelo menos não como a grande maioria dos adolescentes. A jovem lençoense Liara Blanco Silva, de 12 anos, gosta de ocupar o tempo livre com outro tipo de distração, debruçada sobre um tabuleiro de xadrez. É assim que ela se diverte, com os peões, bispos, cavalos, torres, rainhas e reis desse jogo milenar, hoje praticado por pessoas de todo o mundo.
Seu envolvimento com o xadrez começou bem cedo, por influência do pai, Eduardo de Almeida Silva, que também desde pequeno adotou o esporte como passatempo. Aos quatro anos, mesmo sem ainda entender as regras, ela já brincava com as peças. O interesse pelo jogo aumentou quando iniciou os estudos no Colégio Francisco Garrido, onde hoje cursa o sétimo ano do ensino fundamental.
“Eu aprendi a jogar e com o tempo fui gostando cada vez mais. A escola sempre organizava campeonatos entre os alunos e comecei a praticar. Depois meu pai começou a me levar para outros campeonatos e eu não quis mais parar”, conta Liara, que em cerca de cinco anos competindo já obteve mais de 70 prêmios entre troféus e medalhas, o mais recente no último domingo (4), com a conquista do segundo lugar da categoria sub-14 feminino, na 54ª etapa do Circuito Solidário de Xadrez, realizada na cidade de Hortolândia, interior de São Paulo.
Mesmo com a pouca idade, Liara já é uma enxadrista bastante experiente. Em diversas competições acaba enfrentando jogadores mais velhos, mas não se intimida e, muitas vezes, acaba saindo com a vitória. Recentemente, chamou atenção os demais oponentes em um campeonato, depois de derrotar com facilidade dois senhores, de 66 e 70 anos. Porém, apesar das muitas vitórias que já conseguiu, os resultados mais expressivos que já alcançou, segundo ela mesma, foram dois empates contra as enxadristas Aine Carolina Lima, campeã brasileira escolar em 2016, e Daniela Fugita, atual campeã paulista.
Seu maiores ídolos no esporte são a húngara Judit Polgár, e o norueguês Magnus Calsen, atual campeão mundial, além do brasileiro Krikor Sevag Mekhitarian, outro Grande Mestre conhecido por seu histórico de conquistas. Seu objetivo é um dia atingir o mesmo patamar. “Eu treino bastante. Estudo as apostilas e assisto as partidas que eu já joguei para analisar as jogadas e ver onde eu poderia ter feito diferente”, explica.
Liara já competiu por Lençóis Paulista, mas atualmente defende as cores de Bauru. Com competições praticamente todo final de semana, o pai explica que não conseguiu apoio em Lençóis Paulista e que para a família não ter que arcar com todas as despesas com viagens – às vezes com hospedagem – sozinha decidiu aceitar o convite da Secretaria de Esportes de da cidade vizinha.
“Aqui era um pouco complicado, nem sempre liberam condução, principalmente porque, às vezes, apesar de existir outros enxadristas, apenas ela competia. Em Bauru ela tem esse apoio, independentemente da distância ou do tempo que vai demorar. Sem contar o fato de que lá tem uma equipe grande que compete e existe uma rotina constante de treinamento”, revela Eduardo.
No próximo mês, Liara participará dos Jogos Regionais, que serão realizados m Lençóis Paulista, infelizmente, competindo por outra cidade. Mas isso não é motivo de tristeza para a família, que aguarda ansiosa para vê-la pela primeira vez disputando um grande competição em casa. “Os avós estão bastante ansiosos, porque quase nunca conseguem ver ela jogar. A família toda acaba respirando xadrez, se envolvendo por conta dela”, conta a mãe, Rosemeire Blanco Silva.

destaques

Aos 60 anos, morre Maradona

O site do jornal argentino Clarín acaba de informar que o ex-jogador Diego Armando Maradona faleceu nesta quarta-feira (25), após um mal...

Comércio se prepara para a Black Friday

A segunda data mais movimentada para o comércio está prestes a chegar. No dia 27 de novembro tem a Black Friday, ou...

Cidade recebe melhor jogador do mundo

O beach tennis pode ser definido como uma mistura de tênis, vôlei de praia e frescobol. É considerado simples de se praticar,...

Campanha Papai Noel dos Correios será digital

Na última quarta-feira (18), teve início mais uma edição da campanha Papai Noel dos Correios, que terá algumas mudanças em relação aos...

Anaísa Portes Ramos é pioneira na cirurgia robótica no interior

Primeira cirurgiã robótica no interior do estado de São Paulo, a médica Anaísa Portes Ramos, nascida em Lençóis Paulista, é formada em...