Operação prende três pessoas
Ação das polícias Civil e Militar fez diligências em três bairros
Operação prende três pessoas
REPRESSÃO - Três jovens são presos durante operação de combate ao tráfico em Lençóis (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Uma operação deflagrada na manhã da quarta-feira (29) pelas polícias Civil e Militar de Lençóis Paulista resultou na prisão de três pessoas acusadas pelos crimes de tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico. Os indiciados são três homens, de 19, 25 e 27 anos. Outro, de 26 anos, também foi detido na ação, mas acabou sendo liberado. A ação conjunta foi feita em cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça local visando o combate ao comércio ilegal de entorpecentes.
Segundo informações obtidas pela reportagem do Jornal O ECO junto ao comandante da equipe de Força Tática da Polícia Militar, sargento Lucas, que participou da operação, as diligências aconteceram em residências localizadas no Jardim América, no Conjunto Habitacional Maestro Júlio Ferrari e na Rodovia Osni Mateus (SP-261).
Em uma casa na Rua Professor Antônio Arruda Ribeiro, no Jardim América, R.A.S., de 19 anos, foi indiciado pelo crime de tráfico de entorpecentes (Artigo 33 do Código Penal). Em outra residência na Rua Hugo Cavassutti, no Júlio Ferrari, A.A.P., de 25 anos, e R.A.O., de 27 anos, foram enquadrados por tráfico e associação ao tráfico (Artigos 33 e 35). Outra detenção aconteceu em um imóvel situado na Rodovia Osni Mateus, onde F.L.S., de 26 anos, foi detido por porte de drogas (Artigo 28).
De acordo como o Boletim de Ocorrência, na ação foram apreendidos oito eppendorfs de cocaína e mais 14 invólucros contendo a mesma substância, que pesaram 13 gramas, além de 27 invólucros de maconha, com peso total de 35,8 gramas, mais a quantia de R$ 34 em espécie.
Todos os envolvidos foram detidos e conduzidos à Delegacia da Polícia Civil, onde a autoridade de plantão, após tomar conhecimento dos fatos, ratificou as prisões em flagrante de R.A.S., A.A.P., e R.A.O., mantendo-os recolhido aos cárceres, à disposição da Justiça. F.L.S. foi liberado depois de prestar depoimento. 
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia