Lençoenses percorrem 500 quilômetros de bicicleta
Grupo Amigos do Pedal participou de dois desafios por estradas rurais da região
Lençoenses percorrem 500 quilômetros de bicicleta
SOBRE DUAS RODAS - Paisagens de tirar o fôlego acompanharam o grupo Amigos do Pedal Lençóis Paulista durante os desafios (Foto: Divulgação)
Bruno Guiari, Fabio Godoy, Flávio Godoy, Guilherme Prado e Toni Diegoli, ou somente Amigos do Pedal Lençóis Paulista. O que esses cinco lençoenses têm em comum? A paixão pela injeção de adrenalina que somente a bicicleta pode proporcionar. Paixão que, aliás, ficou ainda mais evidente após o Desafio dos 200 de MTB, que foi vencido pelos lençoenses no dia 11 de julho e passou pelas cidades de Areiópolis, Guarantã, Lençóis Paulista e São Manuel, além dos distritos de Alfredo Guedes, Aparecidinha e Rubião Júnior. 
Ao todo o grupo percorreu entre 200 e 210 quilômetros, das 5h30 às 19h30, todos eles marcados por paisagens de tirar o fôlego e que só a natureza pode proporcionar. “Nosso percurso foi totalmente rural. Saímos de Lençóis Paulista, passamos por diversas cidades até chegar ao bairro Monte Alegre (próximo à Pratânia). Em seguida, voltamos para Lençóis Paulista pela estrada José Benedito Dalben, mais conhecida com estrada do Rio Claro, até a entrada da Duraflora (trilha da laranja/Quatro Quedas) para, assim, finalizarmos o desafio”, conta Flávio Godoy, que lembra que o grupo contou com o apoio de Álvaro Sanches, que forneceu água e alimentação.
Mas não parou por aí. No último sábado (25), os amigos resolveram realizar o Desafio da Armadura Gold, no qual se deve percorrer a distância mínima de 300 quilômetros. O trajeto foi o mesmo, com a inclusão dos municípios de Bauru e Piratininga. A equipe também mudou: saíram Fábio Godoy e Guilherme Prado, entraram Daniel Orsi Covre e Eleandro José de Lima. Dessa vez, o apoio ficou por conta de Marcos Adriano Bispo da Cruz. “Poucos até então haviam concluído os 300 quilômetros com este tempo e com esta altimetria. E os que conseguiram percorreram percursos bem mais planos”, garante Godoy. Segundo ele, foram 4 mil metros de altimetria no percurso, concluído em 15 horas.
Entre uma pedalada e outra, alguns obstáculos precisaram ser enfrentados. “Nos 200 quilômetros, quando estávamos voltando para Lençóis Paulista, demos de frente com um vento contrário, o que dificultou e muito o nosso percurso. Mas, mesmo assim, com muita vontade e suor, conseguimos enfrentar e superar esse contratempo”, reforça o ciclista. “Finalizar ambos os desafios foi uma conquista pessoal. Não pensamos em momento algum em vencer a competição, o objetivo sempre foi cumprir com os 200 e 300 quilômetros. Foi uma vitória particular de cada participante, ultrapassando seus próprios limites até a grande chegada”, completa. 
COMO SURGIU A IDEIA 
Segundo Flávio Godoy, foi durante uma conversa, em uma roda de amigos, que o grupo decidiu participar do Desafio dos 200 de MTB. “Nosso amigo Guiari comentou sobre o desafio. Fizemos a inscrição e no sábado, dia 11 de julho, resolvemos fazer um treino de 150 quilômetros para, depois disso, começarmos os 200 quilômetros. No entanto, quando chegamos a Lençóis Paulista e já com 150 quilômetros, resolvemos já concluir nosso objetivo. Foi um desafio e tanto, mas conseguimos finalizá-lo depois de muito esforço”. Não demorou muito para que os amigos colocassem outra meta: superar os tão temidos 300 quilômetros, como forma de testar os próprios limites. Algo que o grupo Amigos do Pedal Lençóis Paulista conhece bem.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia