PM é acionada após empresa promover aglomeração
Denúncia foi feita por uma pessoa que realizava exames no local
Na manhã dessa sexta-feira (10), após uma denúncia a respeito de descumprimento das medidas restritivas adotadas em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), uma equipe da Polícia Militar compareceu a uma empresa na Rua Quinze de Novembro, no Centro, onde foi constatado a presença de cerca de 80 pessoas aglomeradas. A polícia não informou se houve aplicação de multa.
De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado pela 5ª Cia da PM, por volta das 9h dessa sexta-feira, policiais compareceram à empresa, após uma das pessoas que estava no local para realizar exames fazer a denúncia de que se encontravam cerca de 80 pessoas aglomeradas, em desrespeito ao distanciamento social e colocando em risco à saúde de todos.
A gerente do local informou que tomou conhecimento da denúncia pelos próprios policiais e que, informou o fato ao proprietário da empresa. Com a presença de um fiscal da Prefeitura Municipal, ambos foram orientados sobre a obrigatoriedade do cumprimento às barreiras sanitárias e demais pontos estabelecidos pelos decretos municipais e estaduais. A polícia não informou se houve aplicação de multa.
Fiscalização segue em toda a cidade
Durante toda a semana, equipes da Polícia Militar realizaram patrulhamentos no município a fim de orientar comerciantes sobre os decretos municipais e estaduais que versam a respeito das barreiras sanitárias, uso de máscaras e o distanciamento social por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 
Com a presença de um fiscal da Prefeitura Municipal, o objetivo foi esclarecer aos comerciantes que descumpriram a lei e estavam com as portas abertas em serviços considerados não essenciais pelos decretos.
Em uma das ações, um estabelecimento localizado na Avenida Brasil foi flagrado com oito pessoas fazendo consumo no local, o que está proibido. Sendo assim o fiscal da Prefeitura Municipal elaborou uma notificação.
Na Avenida Vinte e Cinco de Janeiro, um bar foi autuado por estar em desacordo com as normas da quarentena. A medida de descumprimento não foi informada.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia