Homem invade casa e estupra mulher em Lençóis Paulista
Vítima, de 29 anos, também sofreu várias agressões; crime ocorreu no Jardim Carolina
Homem invade casa e estupra mulher em Lençóis Paulista
ESTUPRO - Mulher de 29 anos é estuprada em Lençóis; autor do abuso sexual foi preso em flagrante (Foto: Divulgação)
Uma mulher de 29 anos foi estuprada na manhã do sábado (9), em Lençóis Paulista. A violência ocorreu dentro da casa da vítima, no Jardim Carolina. Após ser violentada, ela conseguiu fugir e pedir ajuda para moradores que estavam na rua. O estuprador, de 20 anos, foi detido por populares até a chegada da Polícia Militar. Ele foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil, onde foi preso em flagrante. Além do abuso sexual, a mulher sofreu graves agressões.
De acordo com as informações contidas no Boletim de Ocorrência registrado pela 5ª Cia da Polícia Militar, o estupro foi registrado por volta das 8h do sábado (9). A vítima, que terá a identidade preservada nesta matéria, relatou que estava em seu quarto e, depois de ouvir um barulho no quintal, abriu a janela para ver o que era, quando se deparou com um homem que a agarrou pelo pescoço e a empurrou na cama. A mulher disse que gritou por socorro, mas foi agredida até ficar desorientada.
Segundo ela, o agressor dizia que iria violentá-la e ameaçou matá-la em seguida. A vítima disse que alegou estar grávida, mas que o homem continuou até consumar o ato sexual. Ela conseguiu fugir e pedir ajuda aos vizinhos no momento em que o indivíduo se assustou com um barulho no portão. Três homens da mesma família, que estavam na rua, entraram para deter o indivíduo e foram surpreendidos pelo fato de serem parentes do agressor.
A.C.F., de 18 anos, contou aos policiais militares que é irmão de L.C.F., de 20 anos, e que o mesmo estava desaparecido desde a noite da sexta-feira (8). Disse que, ao entrar para ajudar a mulher, acompanhado de seu pai e de um primo, teve a surpresa de encontrar seu irmão escondido debaixo da cama.
O estuprador foi detido até a chegada da PM, que o conduziu à Delegacia da Polícia Civil, onde o delegado de plantão, após tomar conhecimento dos fatos, ratificou a prisão em flagrante por estupro, deixando o indivíduo preso, à disposição da Justiça.
Na DP, outra mulher, moradora do bairro, que soube da ocorrência, relatou que pouco tempo antes, o agressor teria entrado em sua residência a algumas ruas do local em que foi capturado, mas que ela conseguiu o expulsar.
A vítima do estupro, foi encaminhada à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), onde recebeu cuidados médicos e atendimento psicológico pela gravidade da situação. Além de ter sido abusada sexualmente, a vítima apresentava muitos ferimentos pelo corpo, porém, seu atual estado de saúde não foi informado pela equipe médica.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia