Procon intensifica fiscalizações contra preços abusivos na pandemia
Objetivo é coibir práticas abusivas e analisar a legalidade ou não dos preços praticados
Procon intensifica fiscalizações contra preços abusivos na pandemia
LINS - Reunião garantiu apoio à intensificação das fiscalizações (Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa)

Visando coibir práticas abusivas e analisar a legalidade ou não dos preços praticados, em menos de uma semana, o Procon de Lins fiscalizou e notificou 60 estabelecimentos comerciais na cidade, sendo 08 farmácias, 06 supermercados, 26 postos de combustíveis e 30 depósitos de gás GLP.

O Procon segue solicitando e monitorando notas fiscais e preços repassados ao consumidor, ação que segue conjunta com o apoio da Regional e da Diretoria de Fiscalização do PROCON-SP, tanto regional quanto estadual.

Eventuais abusos constatados serão objeto de autuação e multa.

Quanto ao gás de cozinha (GLP), na última quinta-feira (02), o Governador João Dória e o Diretor do Procon, Fernando Capez, editaram orientação normativa fixando o preço do gás em patamar máximo de R$70,00 para todo Estado.

A medida visa coibir as eventuais irregularidades que venham a ser denunciadas. Na tarde de hoje, o Procon e a Polícia Civil, através do Dr. Marcelo Muniz e do delegado titular da DIG Dr. Wanderley Gonçalves Santos, se reuniram para apoio da apuração conjunta visando coibir práticas abusivas contra os consumidores.

comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia