Córrego Corvo Branco tem princípio de alagamento
Volume de água excedeu a calha e invadiu parte da via no final desta manhã
Córrego Corvo Branco tem princípio de alagamento
ALERTA - Córrego Corvo Branco transbordou na altura da ponte da Rua André Baccili (Fotos: Elton Laud e Flávia Placideli/O ECO)
A Defesa Civil de Lençóis Paulista monitora atentamente a situação do Bacia Hidrográfica do Rio Lençóis. Devido à chuva dos últimos dias, o volume de água tem aumentado consideravelmente em alguns pontos, que estão em estado de alerta em decorrência de riscos de alagamentos.

No final da manhã desta segunda-feira (10), um princípio de alagamento chegou a ser registrado no Córrego Corvo Branco, na Vila Baccili. O volume de água chegou a exceder a calha do córrego e invadir parte do asfalto nas imediações da ponte da Rua André Baccili, ponto mais baixo do bairro.
De acordo com a Defesa Civil, a vazão do córrego foi prejudicada por conta de lixo e galhos que obstruíram as tubulações de escoamento, mas a situação foi rapidamente resolvida. Por precaução, uma família seria removida para casa de parentes, com a ajuda de equipes da Prefeitura Municipal.
Outro ponto crítico, entre as Ruas Pedro Álvares Cabral e Martin Afonso, na parte baixa da Vila Contente, também teve um pequeno foco de alagamento. O local, porém, já teve a maioria dos imóveis desapropriados e demolidos no ano passado, o que tem facilitado o escoamento de água.
Em um ponto da Vila Mamedina, na Rua Manoel Amâncio, que dá acesso à Vila Repke, uma árvore de grande porte quebrou e caiu sobre o Rio Lençóis, o que estava comprometendo a vazão. Equipes da Prefeitura Municipal estavam atuando para desobstruir o local antes do fechamento dessa matéria.
Até o momento, nada de mais grave foi registrado na cidade, mas a recomendação, segundo o presidente da Defesa Civil, Willian Cerulo, é para que todos que residam em áreas de risco se mantenham em estado de alerta e acompanhem novas informações.
É importante lembrar que, de acordo com comunicado emitido pela manhã, a ativação do sistema de transposição de volumes e trechos da bacia hidrográfica localizados acima da cidade deve resultar no aumento do volume do Rio Lençóis nas próximas horas. Em caso de emergência, as pessoas podem utilizar o telefone do Corpo de Bombeiros: 193.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia