Jovem escritora lança livro na próxima sexta-feira (24)
Monique Mazon apresenta “Genevieve d’Chevalier” na BMOL
Jovem escritora lança livro na próxima sexta-feira (24)
PRIMEIRO - Monique Mazon revela querer seguir carreira como escritora (Foto: Flávia Placideli/O ECO)
A escritora lençoense Monique Mazon Queiroz, de 21 anos, se prepara para o lançamento do livro “Genevieve d’Chevalier”, seu primeiro romance ficcional. Com uma história envolvente e personagens fascinantes, a obra é ambientada na França na época da Revolução Francesa (1789-1799). O evento, que é aberto ao público, acontece na próxima sexta-feira (24), às 19h30, na Biblioteca Municipal Orígenes Lessa (BMOL), em Lençóis Paulista.
Em seu romance de estreia, a autora busca enaltecer a imagem feminina através de sua personagem principal, que dá nome ao livro. Genevieve d’Chevalier é uma jovem nobre que vive no luxo da Corte Francesa, até sofrer na pele as consequências da Revolução Francesa, perdendo seu título, sua riqueza e sua família, sendo obrigada a viver escondida no meio do povo com a ajuda de Kalet, um pobre burguês.
Ao se deparar com uma realidade que até então desconhecia, em meio à população pobre e insatisfeita, Genevieve percebe o quanto as coisas estão erradas e, então, decide se vincular à Causa Iluminista, pela qual acaba descobrindo mais sobre si mesma do que em toda a sua vida no castelo. Em determinado momento da trama, a jovem terá que decidir qual o se verdadeiro papel.
Monique Mazon divide um pouco mais dessa inspiradora história com os leitores na próxima sexta-feira (24). “Aguardo todos os simpatizantes para conhecer a história de Genevieve d’Chevalier, sua drástica queda e seu talento em manter a luz acesa mesmo em meio à escuridão”, convida a autora, que também faz um bate-papo com os convidados sobre o processo de criação de seu primeiro livro.
SOBRE A AUTORA
Nascida em Lençóis Paulista, Monique Mazon, de 21 anos, mudou-se ainda na infância para a vizinha Macatuba, onde vive com seus pais. A escritora divide seu tempo entre a escrita ficcional e a graduação em Direito, área em que já publicou diversos artigos acadêmicos. Prestes a lançar o primeiro livro solo, ela já publicou poemas em antologia da Editora Trevo e também escreveu sobre construção de personagens e gênero romântico no livro “Trupe da Escrita: Compartilhando ideias, experiências e sonhos”.
Mesmo considerado como seu romance de estreia, “Genevieve d’Chevalier” foi escrito há quatro anos, quando a jovem ainda cursava o ensino médio. “Já escrevi diversos livros, mas não publiquei por achar que eles não estivessem bons o suficiente. Neste caso, acho que não teria momento mais oportuno para isso, estou muito orgulhosa e feliz com a publicação e também com os ‘feedbacks’ que tenho recebido”, conta.
Única escritora da família, Mazon revela que sua inspiração surgiu na adolescência, aos 13 anos, quando sua avó pediu para que ela escrevesse um cartão de Natal aos parentes. “Eu lembro que eu escrevi uma frase que emocionou todos, inclusive alguns parentes que moravam em outro país e receberam o cartão natalino pelos correios”, lembra ela, que nunca mais parou de escrever e fala sobre sua maior inspiração, “Eu quero que o que eu escreva chegue até as pessoas, em forma de ensinamento ou de emoção”, finaliza.
O romance-ficção “Genevieve d’Chevalier” está disponível para a venda online no site: www.eviseu.com. O e-book pode ser adquirido também em outras lojas. Para conhecer mais sobre o trabalho da escritora siga as contas no Instagram @moniquemazon e @pequenaescritoraa.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia