Acusado de homicídio é liberado após depoimento
Polícia Civil aguarda expedição de mandado de prisão pela Justiça para prendê-lo
Acusado de homicídio é liberado após depoimento
SOLTO - Polícia aguarda mandado para prender suspeito de homicídio (Foto: Divulgação)
Na tarde da quarta-feira (25), feriado de Natal, a Polícia Militar de Lençóis Paulista localizou o suspeito pelo homicídio ocorrido na última segunda-feira (23). O homem, de 37 anos, acusado de espancar um morador de rua, que não resistiu aos ferimentos, foi encontrado no Jardim das Nações e apresentado na Delegacia da Polícia Civil. Como o prazo do flagrante havia expirado, ele foi ouvido e liberado, mas um pedido de prisão preventiva foi feito à Justiça.
Segundo informações contidas no Boletim de Ocorrência registrado pela 5ª Cia da Polícia Militar, na quarta-feira (25), por volta das 15h50, uma equipe policial recebeu a informação de que R.F.G., de 37 anos, apontado como responsável pelo espancamento que resultou na morte de um morador de rua, estaria em uma residência na Avenida Estados Unidos, no Jardim das Nações. 
Em diligência ao endereço, os policiais localizaram o indivíduo, que foi detido e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, onde o delegado de plantão, Dr. Luís Cláudio Massa, solicitou a escrivã que lavrasse o termo de declarações, liberando-o em seguida. À reportagem do ECO, o investigador Júlio César de Lima explicou que um pedido de prisão foi feito à Justiça e que a polícia aguarda a expedição do mandado para prendê-lo.
“Ele foi apresentado no dia 25, porém, não ficou preso, pois não estava mais em situação de flagrante delito (o prazo é de 24 horas após o crime). Somente possui uma medida protetiva em relação a outro crime contra sua ex-companheira. Provavelmente, o pedido de prisão será deferido e sairá o mandado de prisão contra ele por conta do homicídio”, esclareceu o investigador.
Crime ocorreu na noite da segunda-feira (23)
Na noite da segunda-feira (23), um morador de rua de 43 anos morreu após ser espancando no Centro de Lençóis Paulista. A vítima foi socorrida por uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e deu entrada com vida na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito na manhã da terça-feira (24).
Segundo o Boletim de Ocorrência registrado na 5ª Cia da Polícia Militar, houve um chamado via Copom (Centro de Operações), por volta das 23h30, informando que um indivíduo estaria agredindo um morador de rua a pauladas em via pública. Uma viatura se deslocou até a Rua Pedro Natálio Lorenzetti, onde a vítima já estava sendo socorrida pela unidade de resgate do SAMU.
No local, um cidadão que mora nas proximidades relatou aos policiais que estava a caminho de sua residência, juntamente com sua esposa, quando se deparou com a cena de agressão. Segundo a testemunha, um indivíduo estava golpeando um morador de rua com diversas pauladas e que, após as agressões, o homem fugiu.
O morador de rua, identificado como Valdêncio Furtado de Caldas, de 43 anos, deu entrada na UPA em estado grave, apresentando fraturas expostas no corpo e vários hematomas na cabeça. Ele não resistiu à gravidade dos ferimentos e veio a óbito na manhã da terça-feira (24), véspera de Natal. 
O pedaço de madeira utilizado no crime foi apreendido no local e apresentado na Delegacia da Polícia Civil. O autor do homicídio, R.F.G., de 37 anos, morador de Lençóis Paulista, encontrava-se foragido até a quarta-feira (25), quando foi encontrado por volta das 16h, em uma residência no Jardim das Nações.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia