Terminal Rodoviário Interbairros será entregue neste sábado (14)
Local que abrigava antiga Estação Ferroviária Sorocabana foi todo revitalizado; investimento nas obras foi de R$ 396 mil
Terminal Rodoviário Interbairros será entregue neste sábado (14)
REVITALIZADA - Antiga Estação Ferroviária foi revitalizada com recursos da classificação de Lençóis como MIT (Foto: Divulgação)
A Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista inaugura neste sábado (14), a partir das 9h, na antiga Estação Ferroviária, as instalações do Terminal Rodoviário Interbairros, que levará o nome de Itagiba Mourão. As obras também integram o projeto de revitalização do Centro. Dos R$ 396 mil investidos, R$ 385 mil foram liberados pelo Governo do Estado de São Paulo a partir da classificação de Lençóis Paulista como Município de Interesse Turístico (MIT). A administração investiu R$ 11 mil como contrapartida.
“A entrega da revitalização desse patrimônio histórico de nossa cidade, que é a antiga Estação Sorocabana, por onde passaram nossos pais e avós, é um motivo de imensa alegria para Lençóis Paulista. Ainda mais porque ela voltará a ter vida recebendo centenas de pessoas que vão utilizar o local como Estação Rodoviária Interbairros. É importante que as pessoas entendam que a entrega dessa obra faz parte de um projeto maior, que vai transformar a região central de Lençóis e prepará-la para todas as transformações que estamos vivendo, principalmente na área econômica. As pessoas precisam entender que estamos trabalhando para fazer um novo centro para uma nova cidade”, declarou o prefeito Anderson Prado.
A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente executou no local os serviços para o nivelamento do solo, cercamento do espaço com alambrado, remoção e plantio de grama, projeto paisagístico, instalação de bancos e lixeiras, e plantio de mudas ornamentais no passeio público.
A obra de revitalização da Estação Ferroviária contempla a instalação de cobertura em concreto armado, para a área de embarque e desembarque dos usuários do transporte público. Possui também rampas acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida e cadeirantes, bancos em concreto, iluminação e paisagismo nesta área. O projeto foi elaborado e executado mantendo as características da Estação Ferroviária.
O espaço recebeu ainda pisos novos em granilite, pintura interna e externa das paredes e esquadrias, proteção externa na pintura com hidrofugante, adequação dos sanitários para atendimento ao público e pessoas com mobilidade reduzida, adequação de guichês para venda de bilhetes, pisos internos da cobertura do antigo embarque e desembarque dos trens, e calçadas externas em concreto alisado, implantação de rota acessível e corrimãos.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2020 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia