Cia Contos da Mala apresenta “O Tesouro de Cascudo”
Espetáculo é neste domingo (27), a partir das 17h, no Teatro Municipal
Cia Contos da Mala apresenta “O Tesouro de Cascudo”
EM CENA - Lucas Valadares e Willian Maciel interpretam Troça e Cochicho no espetáculo “O Tesouro de Cascudo” (Foto: Divulgação)
Neste domingo (27), a partir das 17h, a Cia Contos da Mala, de São Paulo, chega a Lençóis Paulista com a apresentação do espetáculo infantojuvenil “O Tesouro de Cascudo” que acontece no Teatro Municipal Adélia Lorenzetti. A apresentação gratuita é promovida pela Alic (Associação Lençoense de Incentivo à Cultura) com recursos provenientes da Lei Rouanet e patrocínio das empresas Zilor, Lwart Lubrificantes, Bracell, Duratex e Frigol.
Partindo da busca por um tesouro, o espetáculo “O Tesouro de Cascudo” conta a história dos palhaços Troça e Cochicho, dois atrapalhados seguidores do Capitão Cascudo, que vivem aventuras arrepiantes e, ao invés de moedas de ouro, encontram uma terrível e maravilhosa missão: a de espalhar pelo mundo as histórias do folclore, dos seres fantásticos que povoam o imaginário popular.
A proposta cênica do espetáculo visa estabelecer um diálogo direto com a plateia, de uma forma simples e lúdica, trabalhando a narrativa do contador e fazendo do trabalho do palhaço uma ponte entre o folclore e o exercício da brincadeira.
Com os atores Willian Maciel e Lucas Valadares, a Cia Contos da Mala é como um viajante que traz consigo a sua história, levando em sua mala todos os sonhos e elementos do imaginário e abrindo um baú cheio de elementos cênicos para auxiliar na contação dessa nova aventura.
O espetáculo é indicado para crianças maiores de três anos e conta com tradução simultânea para Libras (Língua Brasileira de Sinais). A entrada é gratuita e a disponibilidade de ingressos pode ser consultada no próprio Teatro Municipal Adélia Lorenzetti, que fica na Rua Cel. Álvaro Martins, 790, na Vila Nova Irerê. O telefone é o (14) 3263-0044.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia