Mulher é esfaqueada pelo ex-companheiro em Lençóis Paulista
Vítima foi golpeada pelas costas e passou por cirurgia para retirada da lâmina que ficou cravada em seu corpo
Mulher é esfaqueada pelo ex-companheiro em Lençóis Paulista
VIOLÊNCIA - Vítima de feminicídio foi encaminhada à UPA, onde precisou passar por cirurgia para retirada de lâmina cravada em suas costas (Divulgação)
Uma mulher de 46 anos foi esfaqueada pelo ex-companheiro na noite desta quinta-feira (8) em Lençóis Paulista. De acordo com o Boletim de Ocorrência, a agressão aconteceu quando ela estava em um bar, na Vila Mamedina, com seu atual namorado. A vítima foi socorrida pela unidade do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e passaria por uma cirurgia para retirada da lâmina que ficou cravada em suas costas. 
Segundo o Boletim de Ocorrência registrado pela 5ª Cia da Polícia Militar, por volta das 20h, uma equipe foi acionada para atender a uma ocorrência de agressão em um estabelecimento comercial localizado na Vila Mamedina. Chegando no local, a vítima, C.D.S., de 46 anos, estava sendo socorrida pela unidade do SAMU e informou aos policiais que estava no bar, quando seu ex-companheiro, P.R.A.S., de 46 anos, chegou e desferiu um golpe de faca em suas costas e fugiu. 
De acordo com a Polícia Militar, o atual namorado da vítima, J.J.A., de 45 anos, informou aos policiais o endereço da residência de P.R.A.S., local onde provavelmente o suspeito estaria. Policiais então fizeram diligência até o endereço e localizaram o agressor trancado em um dos quartos. Foi necessário arrombar a porta e uso de força física para algemá-lo. 
Diante disso, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil, onde o delegado de plantão, após tomar ciência do ocorrido, ratificou sua prisão em flagrante pela prática de feminicídio tentado. Até o fechamento desta matéria, o homem aguardava para ser transferido para uma das unidades prisionais da região. 
Segundo informações da Polícia Militar, o motivo da agressão teria sido porque P.R.A.S. não aceitava o término do relacionamento, que havia acabado há alguns meses, e que no momento da agressão, o homem ainda tentou remover a faca, supostamente para acertar outro golpe, mas, segundo a PM, a arma utilizada no crime quebrou e ficou cravada nas costas da vítima. A mulher foi encaminhada para à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), onde passou por cirurgia e passa bem. 
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia