publicidade
Festival de dança reúne mais de 500 bailarinos
Evento acontece neste domingo (11), a partir das 13h30, no Teatro Municipal; entrada é solidária
Festival de dança reúne mais de 500 bailarinos
DANÇA E AÇÃO - Festival busca valorizar a arte da dança e proporcionar a troca de experiências entre grupos e academias (Foto: Divulgação)
Mais de 500 bailarinos sobem ao palco do Teatro Municipal Adélia Lorenzetti a partir das 13h30 deste domingo (11), quando acontece o Festival Dança e Ação, que chega a sua terceira edição com a participação de 40 grupos e academias das cidades de Lençóis Paulista, Macatuba, Barra Bonita, Jaú, Itapuí, Bauru, Dois Córregos e Botucatu. O evento é promovido pela Secretaria de Cultura de Lençóis Paulista e tem entrada solidária, com a doação de um produto de higiene pessoal.
O festival, que contará com a apresentação de grupos, trios, duplas e solistas, contempla coreografias de 14 diferentes modalidades (clássico livre, clássico repertório, neoclássico, moderno, jazz, contemporâneo, danças urbanas, dança do ventre, sapateado, estilo livre, dança de salão, danças populares, musical e dança gospel) divididas em oito categorias de acordo com a idade dos participantes: baby class, infantil, júnior, juvenil, sênior, adulto, master e categoria mista.
O coreógrafo Marcelo Estrella, diretor artístico geral do Festival Dança e Ação, destaca que as apresentações e premiações serão divididas em duas partes. Na primeira se apresentam as categorias baby class, infantil, júnior e juvenil, na segunda parte entram em cena as categorias sênior, adulto, master e misto. 
“Neste sábado o Teatro Municipal irá ‘respirar’ dança. O objetivo desse festival é mostrar que há espaço para todas as danças e bailarinos de todas as idades se reunirem em um único espetáculo e, ao mesmo tempo, revelar talentos. É quando a dança se encontra e a plateia tem a oportunidade de presenciar momentos de sublime beleza, porque na arte da dança cada momento é único”, resume Estrella.
Trazendo atrações com perfis bastante diversificados, todas as apresentações serão julgadas por uma comissão composta por Fran Mason e Daniela Moretti. De acordo com o edital, a avaliação será feita através dos quesitos técnica, musicalidade, coreografia, adaptação coreográfica, interpretação e execução, atribuindo notas de 5 a 10. Os três primeiros colocados em cada categoria serão premiados com troféus.
SERVIÇO
A entrada para o festival é gratuita e os ingressos podem ser trocados por um produto de higiene pessoal no próprio Teatro Municipal (Rua Coronel Álvaro Martins, 790, na Vila Nova Irerê) ou na Casa da Cultura Prof.ª Maria Bove Coneglian (Rua Sete de Setembro, 934, no Centro). A arrecadação será destinada a entidades assistenciais do município. A disponibilidade de lugares pode ser consultada pelo telefone (14) 3263-6525.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia